Total de visualizações deste blog

JUNTE-SE A NOSSA FAMÍLIA

MEMBROS DESTE BLOG

SEGUIR POR E- MAIL

UM POUQUINHO DE DEUS POR DIA


Então disse ao rei: Era verdade a palavra que ouvi na minha terra acerca dos teus feitos e da tua sabedoria.Porém não cria naquelas palavras, até que vim, e meus olhos o viram, e eis que não me disseram a metade da grandeza da tua sabedoria; sobrepujaste a fama que ouvi. 
{2 Crônicas 9:5-6}

Existe um dito popular que é: ' VOCÊ É O QUE VOCÊ COME.' Não sei quem o fez ,mas de certo que foi muito sábio. Este dito popular é tão falado que já virou livro e programa de TV, e se você for a um consultório médico, provavelmente irá ouvi-lo. O certo e comprovado, é que, os alimentos são o principal combustível de renovação celular do nosso corpo. Com isso, dependendo do que colocamos para dentro projetará em nós saúde ou a falta dela.
Nestas horas, você já deve estar formulando o que quero dizer, quando falo: ' um pouquinho de Deus por dia.' É uma receita infalível e sem contra-indicação!
Assim como o nosso corpo e metabolismo é uma balança muito precisa, quando se trata de quantidade, qualidade e itens para seu perfeito funcionamento; a nossa alma também é. E muito mais do que isso, podemos hoje com os avanços da medicina comprovar que uma mente abalada e uma alma abatida, trazem ao nosso corpo doenças e levam muitas vezes até a morte. As doenças psicossomáticas ( ou doenças emocionais) são hoje chamadas doenças do século, conhecidas como estresse e depressão; que são distúrbios emocionais e descontroles mentais.O que falta hoje? Um pouquinho de Deus por dia....
O texto bíblico que  mencionei no inicio pode de uma certa forma, em uma visão superficial , não ter nada a ver com o assunto, mas na profundidade é o resultado da mesma receita: um pouquinho de Deus por dia...
 A história menciona dois personagens reais de tamanha importância para a época bíblica e para a história mundial. Temos a rainha de Sabá e o rei Salomão. 
A rainha de Sabá era reconhecida como uma mulher poderosa e muito influente.Sabá era um local da rota comercial de toda a Arábia.Ela era riquíssima e reconhecida como sendo uma mulher muito sábia.Então esta rainha que fazia inúmeros contatos comerciais e negócios em toda a região, começa a ouvir falar das riquezas e da sabedoria do rei de Israel, o rei Salomão.Como boa comerciante, resolve fazer negócios com Israel, mas o interessante disso é que podia ter enviado seus servos para negociar com o rei Salomão; só que a fama de Salomão era tão grande e seu testemunho era tão notável que esta mulher não se conteve e foi pessoalmente ver com seus próprios olhos quem era aquele homem, quem era o seu Deus e se a sua sabedoria era realmente tão grande assim.
Na Palavra de Deus temos esta história em I Reis 10: 1-13  e no livro de II Crônicas 9:1-12. O segredo de Salomão? Um pouquinho de Deus por dia...
A sabedoria de Salomão, nada mais era do que a manifestação da Palavra de Deus na vida dele. Pessoas vinham até o rei para se aconselhar, Israel nunca foi financeiramente tão próspera como foi no tempo de Salomão.Mas tudo isso se dava porque a presença de Deus na vida de Salomão era real e frutificava.
FRUTOS DE DEUS.... haaaa, só pode ter aqueles que comportam Deus dentro de si, que se alimentam da sua presença e da sua palavra diariamente.
Em provérbios 3, escrito por Salomão ele declara o segredo do seu sucesso...
Filho meu, não te esqueças da minha lei, e o teu coração guarde os meus mandamentos.
Porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz.
Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao teu pescoço; escreve-as na tábua do teu coração.
E acharás graça e bom entendimento aos olhos de Deus e do homem.
Confia no SENHOR de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento.
Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.
Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme ao SENHOR e aparta-te do mal.
Isto será saúde para o teu âmago, e medula para os teus ossos.
Honra ao SENHOR com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos;
E se encherão os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares.
Filho meu, não rejeites a correção do SENHOR, nem te enojes da sua repreensão.
Porque o SENHOR repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem.
Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento;
Porque é melhor a sua mercadoria do que artigos de prata, e maior o seu lucro que o ouro mais fino.
Mais preciosa é do que os rubis, e tudo o que mais possas desejar não se pode comparar a ela.
Vida longa de dias está na sua mão direita; e na esquerda, riquezas e honra.
Os seus caminhos são caminhos de delícias, e todas as suas veredas de paz.
É árvore de vida para os que dela tomam, e são bem-aventurados todos os que a retêm.
O SENHOR, com sabedoria fundou a terra; com entendimento preparou os céus.
Pelo seu conhecimento se fenderam os abismos, e as nuvens destilam o orvalho.
Filho meu, não se apartem estas coisas dos teus olhos: guarda a verdadeira sabedoria e o bom siso;
Porque serão vida para a tua alma, e adorno ao teu pescoço.
Então andarás confiante pelo teu caminho, e o teu pé não tropeçará.
Quando te deitares, não temerás; ao contrário, o teu sono será suave ao te deitares.
Não temas o pavor repentino, nem a investida dos perversos quando vier.

Não deixes de fazer bem a quem o merece, estando em tuas mãos a capacidade de fazê-lo.
Não digas ao teu próximo: Vai, e volta amanhã que to darei, se já o tens contigo.
Não maquines o mal contra o teu próximo, pois que habita contigo confiadamente.
Não contendas com alguém sem causa, se não te fez nenhum mal.
Não tenhas inveja do homem violento, nem escolhas nenhum dos seus caminhos.
Porque o perverso é abominável ao SENHOR, mas com os sinceros ele tem intimidade.
A maldição do SENHOR habita na casa do ímpio, mas a habitação dos justos abençoará.
Certamente ele escarnecerá dos escarnecedores, mas dará graça aos mansos.
Os sábios herdarão honra, mas os loucos tomam sobre si vergonha. 
Provérbios 3:1-35
Resume-se então: Temor, Honra e Dependência  ao Senhor!
Um pouquinho de Deus por dia faz toda a diferença! 
Deus na vida de Salomão (o fez) o homem mais sábio e rico de todos os tempos.Sua história de vida movimentou a história de muitos. A sabedoria de Deus em Salomão está registrada em três livros e o carácter de Deus está lá nas entrelinhas.Quando lemos somos moldados e instruídos por Deus. Ainda hoje os conselhos de Salomão são válidos, porque são sabedoria divina.Deus em nós, e através de nós faz toda a diferença. Em nós pode ser a saúde para os ossos, o descanso para a alma, a paz . Mas Deus através de nós, se manifesta em ações sábias e conselhos eternos ,que transmitem vida e "vida em abundância". Deus é fonte de vida e luz!
Quando a rainha de Sabá esteve com Salomão além de ser aconselhada nas suas questões difíceis, ela se maravilhou da forma que Salomão mantinha tudo ao seu redor. Desde a limpeza do chão do palácio,a comida que ele comia, das vestes dos empregados, do trato dele com todos,da sua riqueza, e por fim a sua adoração à Deus. Deus em nós, faz com que sejamos melhores!
Jesus disse que ele é a luz e a luz dentro de nós não pode ser escondida, mas ela é vista e é colocada em um lugar alto para ser útil a toda a escuridão ao redor ( João 8:12 e Mateus 5:15).
Ainda hoje o objetivo da vinda de Cristo na terra e de seu ministério salvífico para o homem, é que nós depois de o receber, teríamos que permanecer no caminho que ele determinou sendo suas testemunhas, ou seja, manifestando a sua presença através de nós.
O nosso testemunho fala mais alto do que qualquer sermão!
Deus na vida de Salomão fez a rainha de Sabá atravessar um deserto de mais de 2.300 Km para receber algo na sua vida.E recebeu...
É a presença de Deus na nossa vida e a manifestação da sua Palavra em nossas ações diárias que faz a diferença.
Quer melhorar? Quer alcançar vidas? Impactar o Mundo? Quer paz, descanso, saúde? A receita continua sendo a mesma: UM POUQUINHO DE DEUS POR DIA... 
  




QUEM TE INTITULOU ' PASTOR ' ?

Adicionar legenda
Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas.
Mas o mercenário, e o que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa as ovelhas.
Ora, o mercenário foge, porque é mercenário, e não tem cuidado das ovelhas.
Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido.
Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai, e dou a minha vida pelas ovelhas.

                                         {João 10:11-15}

Palavras de Jesus...Estas são como um bálsamo para a alma, esperança, busca, sossego.Ele é 'O PASTOR'!
Nestes últimos tempos tenho reparado como está escaço achar alguém que seja um pastor. Digo: Pastor de almas!
Com o incontável número de ramificações da igreja cristã, a multiplicação de comunidades evangélicas e até a divisão na religião cristã; como os radicais, liberais, conservadores, radicais, pentecostais, neo-pentecostais e sei lá quais mais estão nascendo neste exato instante, a verdade é que, é extremamente difícil encontrarmos um homem que possamos realmente encaixa-lo como sendo um pastor de almas.
Acredito que tudo vai de quem é o 'Senhor' deste homem, em que foi colocado o título e pastor.Enquadrando a este texto ,não podemos esquecer daqueles ao qual o título de pastor é pouco, então eles necessitam de mais, como os apóstolos e bispos.Então juntando todos estes títulos em uma só perspectiva, ainda assim, o que faz toda a diferença dentro de uma igreja e da 'Igreja do Senhor', é quem estes intitulados servem.Quem é o 'Senhor' destes pastores,apóstolos e bispos? 
Jesus nos alerta ainda hoje que os (seus) escolhidos seriam reconhecidos pelos frutos; ou seja, a maneira que a pessoa conduz a sua vida + as suas atitudes e escolhas = (tem que ser obrigatoriamente como as de)CRISTO = PAI (DEUS E SENHOR
Com isso sabemos que um pastor instituído por Deus, tem que ser um exemplo que se possa seguir; e isso se enquadra em TUDO e em TODO O TEMPO.Um homem que é escolhido e separado por Deus para ser um pastor, ele é um referencial a todos, seja jovem, criança, velho ou adulto, homem ou mulher.Isto porque a presença de Deus é tão viva e real na vida deste homem, que o perfume de Cristo está nele e é sentido por onde passa.
Não tem como ser  um pastor e não conduzir as ovelhas.A função de ser um pastor é a de conduzir dia-a-dia as ovelhas.Mas o pastor separado por Deus, ele não só se compromete em conduzir,mas ele é acima de tudo um mordomo de Deus,que exerce a função de zelar,de cuidar, de proteger e principalmente amar. 
Você pode estar achando isso quase impossível na prática, e penso que realmente é, mas é isso que Deus espera dos homens que estão na frente dos púlpitos.É isso que Jesus ensinou e determinou aos discípulos: Isto se chama 'apascentar'!
Mas infelizmente e com muita dor, temos a consciência que os nossos pastores estão muito a quem deste ideal dado por Deus.É muito comum acharmos os mercenários vestidos de pastores! E é por conta deles que Jesus nos olha e continua a dizer: 'Eu sou o BOM pastor.' Graças a Deus por isso!
Hoje em dia parece que para vermos um pastor amando as pessoas, zelando e cuidando temos que ir até a África ou algum outro país ou continente em que haja missionários por lá. As vezes, olhando e sentindo na pele a tantos absurdos pastorais, me sinto impulsionada a ir a qualquer campo missionário,não para ser missionária ; mas para ser pastoreada! Isso porque quando ouvimos os relatos dos campos missionários, com todos os seus problemas e perseguições, uma coisa é notável: Aquele povo tem um pastor!Eles são felizes! Eles confiam em um homem que é de um outro lugar  do mundo, lugar que eles muitas vezes nem sabem  onde fica do mapa,mas eles sentem Deus na vida destes homens, sentem amor.Eles se sentem valorizados como pessoas, como filhos de Deus. Se sentem protegidos e cuidados.Deus abençoe os pastores missionários!
Mas não era para ser assim em todos os lugares? Não era para ser assim na tua igreja? Na tua cidade? No teu ministério?A diferença está para quem estes pastores vivem?Quem é o 'Senhor' do teu pastor?
Existem os mercenários, e estes já são bem reconhecidos nos dias de hoje.Estes são antigos e já existem a muito tempo.Onde o seu 'Senhor' é seu próprio ventre, o qual já está posto em Ezequiel 34.A visão destes quando estão a frente de uma pessoa, é que ali está uma mercadoria valiosa e o sentimento deste para a igreja é de comércio. Ah, como temos pastores mercadores !
Mas o que me chama a atenção é que está surgindo um novo tipo de pastor: O PASTOR BUROCRÁTICO! É  o pastor das multidões, ele tem tantas pessoas no seu ministério que na verdade não apascenta ninguém.Sua visão, é uma visão amplificada da igreja.Ele sabe o número de membros, os eventos do ano,o que tem que ser feito, o que tem que ser melhorado.Mas é tão ocupado em fazer as coisas funcionarem que não tem tempo de ser pastor.Quem tem este tipo de pastor,mau o vê na igreja, pois ele sempre está com inúmeros convites, agenda cheia e vários compromissos.E normalmente para quem tem estes pastores, a maneira que acham de se estabilizarem na sua  igreja (que não tem um pastor presente) é o de escolher um outro membro, para servir de pastor auxiliar.Ainda tem aqueles pastores, que já tem a consciência que não conseguem mais ter um tempo para exercer a sua função dada por Deus, de cuidar,zelar,amar, proteger,ensinar as pessoas ; então intitulam outros para o cargo de pastor, tipo assim. tapar uma brecha...
O problema é que o fulano que foi chamado para fechar a brecha do tal pastor, apesar dele ser carismático, de fé e pregar bonito, ele não é pastor!Normalmente este tapador de brechas trabalha no mercado, tem uma vida de rotina pesada, uma jornada de trabalho a cumprir.Sua vida já é preenchida com inúmeras funções,mas nas horas que lhe restam ainda ele é pastor.De uma ou duas irá acontecer, ou ele sucumbirá em uma função ou nas duas.E sabemos que para Deus não há meio termo.
Ou se ama ou não se ama.Ou se cuida ou abandona. Ou se zela ou é displicente. Ou se ensina ou se anula.Ou se protege ou deixa ser abatido.
Ou se é PASTOR e dá a vida pelas ovelhas...
Ou se é MERCENÁRIO e as abandona ao chegar o lobo...
Pastores despertem, pois os olhos do Senhor ainda estão a ver...
" E, vendo as multidões, teve grande compaixão delas, porque andavam cansadas e desgarradas, como ovelhas que não têm pastor."{Mateus 9:36}
    



TALVEZ VOCÊ IRÁ SE DECEPCIONAR

Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas.ROMANOS 2:11 

Uma vez li uma frase que nunca mais  pude esquecê-la, e falando à verdade ela me persegue... A frase dizia assim: " Toda a expectativa gera no final uma decepção." Não sei quem a escreveu, mas sábio é.
No primeiro momento achei exagero e pessimista pensar assim, mas confesso que com o tempo de caminhada cristã pude perceber o que esta frase estava se referindo.
A verdade é que o ser humano sempre está criando planos, sonhos, metas, objetivos a serem conquistados.Temos um talento de escrever o nosso futuro, traçamos os nossos dias com precisão e no final sempre nos vemos com um lindo sorriso estampado no rosto e tudo as mil maravilhas.Viver assim não é ser otimista, é ser um sonhador impulsionado por suas emoções!
Quando entramos em uma igreja e começamos a fazer parte daquele grupo de pessoas, 99% das vezes estamos arrasados em alguma área de nossas vidas.Sempre há dores! E é normal que quando pensamos em repaginar algo na nossa vida; ou seja, mudar de ambiente , recomeçar, tentar outra vez... vamos com a nossa alma cheia de esperanças. E com as esperanças ,sempre estão as expectativas de dias melhores, de pessoas melhores, de amigos melhores, de pastores melhores, de um  renovo maior, de restituição... e por aí vai.
Você já passou por isso? Mudou de igreja, de emprego, de faculdade, de casa, de cidade, de bairro, de namorado, de vida? Se a resposta foi sim, você sabe exatamente o que estou falando.
O problema não está na mudança. Temos que mudar, estar com Cristo requer a cada dia mudarmos.O objetivo de Cristo, em nós, é de chegarmos a perfeição; e Ele irá trabalhar em nosso caminho e vida para que isso aconteça{Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo,- ef 4:13}.O grande problema é criarmos os nossos planos e expectativas como se fossemos auto suficientes e soberanos.
Esquecemos que a nossa vida está em primeiro lugar nas mãos do Senhor ( não estou falando de predestinação),mas temos que pelo menos aceitar a soberania de Deus sobre tudo.Pecamos diante de Deus quando passamos por cima desta soberania. Agimos como o filho pródigo que pegou a sua parte da herança e foi viver a sua vida conforme o seu coração o guiasse.Pense por um minuto como Deus se sente quando planejamos os nossos dias, sonhamos e criamos objetivos, sem ao menos esperar uma resposta final sua dando um sinal verde para seguirmos.
Erramos quando queremos ser soberanos sobre a vida dos outros. Temos uma facilidade de idealizar os nossos projetos de vida, já determinando como será a reação dos outros em relação a nós. Temos a ilusão que só porque estamos dentro de uma igreja encontraremos lá amor,amor e amor. Ilusão!
Igreja é na verdade um grande hospital da alma.Encontramos de tudo dentro de uma igreja!A diferença do mundo, da sua escola ou do seu emprego, é que dentro de uma igreja todos seguem um só caminho e um só objetivo; ou seja, sermos transformados em 'pequenos cristos' e ir morar no céu.( pelo menos quero crer assim...kkk)Dentro de uma igreja existem pessoas que já estão quase de 'alta', Deus já transformou o vaso, remexeu ,tirou e acrescentou.São aqueles tipos de pessoas que só delas estarem perto de nós,já sentimos o perfume de Cristo, seu testemunho edifica e é um motivador de continuarmos. Mas há também, dentro da igreja, aquele tipo de pessoa que está na 'U.T.I.' de Deus.São os verdadeiros problemas, aquele tipo que se você não vigiar te arrastam pra fora da presença de Cristo e te lançam na cova novamente.Existem ainda os joios ,que a cada dia crescem e se multiplicam com uma velocidade assustadora e que deixam um rastro de frutos podres ,que se não tivermos um pouco de discernimento espiritual acabam com toda a nossa semeadura.Tem um novo tipo de crente agora,' o crente burocrático', normalmente estão na frente de algum cargo dentro da igreja,estão lá nos cultos,batem o cartão e depois você só vê no outro culto;crentes que nem sabem mais o porque estão frequentando uma igreja,sem vínculos, sem cuidado, sem amor.Burocráticos! 
Todos eles estão lá.E os nossos sonhos,planos, desejos e vida estão juntos no mesmo ambiente. E não podemos criar expectativas vinculadas nelas.Ou seja, nossa vitória,ou o grande final jamais pode estar ligados ao querer de outra pessoa. Temos que voltar a ser :'DEPENDENTES DE DEUS'.
Jesus nos aconselha sobre isso: E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?(MT 6:27)Neste versículo e os seguintes ,Jesus aconselha-nos a sermos dependentes de Deus. 
Sofremos, nos frustramos porquê  esquecemos de depender só dele. De confiar só nele, de esperar só dele a recompensa, a compreensão,a aceitação, o amor.Nossa felicidade, fé,disposição,ânimo não pode depender da boa vontade dos outros,pois os outros podem estar em uma pior situação que nós e talvez esperando de nós mesmos um escape.E se assim for,são dois navios a naufragar,dependendo de homens e de circunstâncias e não de Deus.
É difícil? Sim, é quase impossível!  Eu, muitas vezes me pego a esperar achar naquele irmão(a) em Cristo,o 'exemplo' a seguir,o carinho,a irmandade. Espero muitas vezes achar no meio da igreja um irmão(a) que não aponte meus defeitos ,mas ore por mim. Ainda hoje, espero um dia conhecer e ter um pastor que realmente cuide de mim.Achar um pastor menos burocrático,menos ocupado; que possa me valorizar  como uma alma para Cristo, uma ovelha de Jesus. Ver no meio de tantos homens de Deus,um  pastor que seja presente, atencioso, que me ensine e estimule.Sonhamos... Desejamos.. Queremos...Isso é possível e idealizado por Deus nas escrituras,mas na prática se torna quase impossível de vivenciarmos, pois temos a nítida sensação de que  deixamos de ser 'uma alma' e passamos a ser 'um número', e de que muitas e muitas vezes existe dentro da irmandade cristã um sussurro silencioso "cada um por si e Deus para com todos".  
Mas o certo disso tudo, é ter uma consciência sã desta triste realidade,mas não guarda-la no coração, e entregar tudo  para Deus, pedir à Ele entendimento e solução. E saber que é dele à obra em nós, na igreja, nos irmãos e nos pastores.
Deus com certeza dirá à você: 'FAÇA A SUA PARTE!' Você quer isso?Você espera isso dos outros?  Então comece a ser um irmão(a) exemplar, um pastor presente, um cristão que ama o próximo.
Sempre digo que a obra de Deus começa em nós.Então sejamos para nós e  para os outros aquilo que queremos que os outros sejam conosco.
O certo é que , todas as vezes que fui ao meu secreto chorar para Deus perguntando os porquês da vida.Querendo entender porque eu estava decepcionada com o fulano ou ciclano ou o porquê dos meus planos não terem o fim que eu desejei;  Deus sempre perguntou para mim " aonde está o teu coração?''Aonde estava a minha confiança, a minha fé, a minha esperança?' 'Quem era o meu exemplo a seguir?'
Deus não divide a glória dele com o homem. Sabe o que isso significa neste contexto? Deus quer ser único na tua vida e na minha. Deus quer ser o nosso supridor! O perfeito, o soberano, o fiel, o amigo, o conselheiro, a paz, o amor, o exemplo a seguir... Então Ele sempre nos ensinará que as pessoas são falhas e imperfeitas, para que voltemos a honrá-lo e adorá-lo, e o mais importante : aprendermos a sermos mais compreensíveis com os outros, perdoando e amando como ele nos ama.
Hoje seja o dia de voltar, de entender muitas dores da sua caminhada. De perdoar, de pedir perdão. De reconhecer as falhas suas e orar pela obra de aperfeiçoamento divino em você e nos outros que te cercam.
Saiba que no caminho, você irá se decepcionar, mas Deus te lembra de algo que já foi dito: "Porque a tristeza segundo Deus opera arrependimento para a salvação,(2 CO 7:10a)".
É hora de crescer espiritualmente e saber que mesmo estando tristes, decepcionados,abatidos, perplexos; com Cristo sendo o nosso supridor ,jamais seremos destruídos. pois não mais andamos pelo que vimos e sentimos, mas por fé.

DEUS É SIMPLES, NÓS É QUE COMPLICAMOS!


Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á.{ MATEUS 7:7}
Você quer uma palavra mais básica do que essa? Mais simples? Quer uma promessa mais fácil de ser realizada do que essa?
Deus nos dá esta palavra  e com ela vem uma denotação de facilidade... Tipo assim: se você dá o primeiro passo eu abro os braços!
Ela é tão simples que é até difícil  de acreditar! A nossa pequena mente e limitada visão de Deus, ressoa na nossa alma... como pode um Deus todo poderoso, grande, santo, criador do céu e da terra e blá,blá,blá... pode dizer isso? Como eu, euzinho vou chegar no todo poderoso pedir e ele irá dar?
Este mundo de hoje nos tornou naturalmente desconfiados. Já estamos acostumados a esperar o mau, a dificuldade, o impossível, a inimizade, e por aí vai. Como de repente nos é apresentado algo tão simples?
Quando lemos esta palavra  de Deus para nós, naturalmente desconfiamos.Pensamos ,não não deve ser fácil assim...
Por mais que Deus se mostre todos os dias de uma forma real na nossa vida, naturalmente queremos dar uma volta em torno do  mundo para alcança-lo, ao invés de caminhar retamente  e chegar em sua presença.
Existe aquela outra palavra e promessa maravilhosa que Deus nos faz: Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.(Mateus 11:28)', ela é tão simples que praticamente não a aceitamos! Naturalmente pensamos: como assim, é só ir até Ele e tudo se resolve? É isso mesmo!
Deus é simples! Jesus é básico, nós é que dificultamos tudo.
Apesar de entendermos o sacrifício da cruz do calvário e saber a história bíblica, temos dificuldade em crer que ele é um Deus de perto e conosco: o Emanuel!(Mateus 1:23)
Cremos com a mente,mas o coração fica com o pé atrás!Esperando 'ver para crer' se Ele realmente está perto assim.
Antes de começar a se martirizar pelas vezes que você já fez isso, saiba que não está só... eu já fiz isso várias vezes e sei de um monte de gente que também fez e faz.
O problema não é não ter fé para acreditar que Ele é real e está perto.O nosso problema é a dificuldade de se entregar a este relacionamento.
Sou casada há 10 anos (maravilhosos,kkk) e conheço o meu esposo há 13 anos. Só que brincamos entre nós, que parece que estamos juntos há séculos. Não pelo peso do dia-a-dia ou pelas dificuldades (afinal todos temos), mas é que a nossa relação é de uma entrega total, sem reservas  e em total cumplicidade que nos tornamos realmente íntimos de alma; uma só carne (Marcos 10:8).Eu sei que ele está comigo, que eu posso ir e pedir a sua ajuda e ele estará lá, sempre.
Deus que isso conosco.Esta mesma certeza, esta cumplicidade, esta intimidade.É só ir até ele, se dispor a entregar-se. A confiar de alma e não de mente, desconfiando e o testando.
Muitas vezes fazemos com Deus o que Gideão fez com o pobre anjo enviado do Senhor para dizer que ele era escolhido (Juízes 6,7,8).Ficamos testando e testando infinitamente Deus, para depois descansarmos e abrirmos o nosso coração para sua presença e suas promessas.
Fizemos uma maratona espiritual para testar se Deus é Deus, se Ele realmente nos ama e se quer o nosso bem. Voto disso,campanha daquilo,promessas, testes.Pedimos que use a boca de centenas de profetas, testifique na palavra umas cem vezes em cultos alternados, use um estranho, faça algo impossível, realize um milagre....e depois de tudo, declaramos: É de Deus realmente, ele me ama e quer me ajudar!
Queridos podemos desconfiar da nossa sombra,mas nunca de Deus. Se há tanta incerteza é porque não houve uma entrega total e o relacionamento com o 'PAI' está pra lá de balançado.Quem não conhece,não confia!
Conheça o Deus que te chama pelo nome. Entregues- se a este relacionamento, saiba ouvir a sua voz ...  assim você saberá que Ele é simples e que por muitas vezes foi você que dificultou.


A SUTILEZA DE SATANÁS - Jonathan Edwards




O demônio trabalha corpo a corpo com as nossas paixões enganosas. Ele labuta para tornar-nos cegos às nossas faltas. Continuamente se esforça para nos levar ao pecado, e então, trabalha com a nossa mente carnal nos bajulando com a idéia de que somos melhores do que realmente somos. Assim, ele cega a consciência. É o príncipe das trevas. Cegar e enganar têm sido seu trabalho desde os nossos primeiros pais.


A força do hábito. Algumas pessoas se esquecem dos pecados que lhe são habituais. Frequentemente os pecados habituais entorpecem a mente, e dessa maneira, tais pecados, que uma vez afligiram a consciência, começam a parecer inofensivos.


O exemplo dos outros. Alguns se tomam insensíveis ao próprio pecado porque deixam a opinião popular ditar o seu padrão. Observam o comportamento dos outros a fim de discernir o que está certo ou errado. Porém, a sociedade é tão tolerante com o pecado que muitos deles perderam seu estigma. As coisas que não agradam a Deus e são consideradas abomináveis à sua vista parecem inocentes quando visualizadas através dos olhos da opinião popular.


Talvez as vejamos sendo praticadas por pessoas que estimamos, ou nossos superiores, ou por aqueles que são considerados sábios. Isso tende a favorecer essas coisas e a diminuir o sentido de sua pecaminosidade. É especialmente perigoso quando homens piedosos, líderes cristãos respeitados são vistos comprometidos com práticas pecaminosas. Isso especificamente tende a calejar o coração do observador e a cegar a mente a respeito de qualquer hábito maligno.

Obediência incompleta. Aqueles que obedecem a Deus indiferentemente ou pela metade correm o risco de viverem em pecado encoberto. Alguns cristãos professos negligenciam parte de seus deveres espirituais enquanto se concentram em outra parte. Seus pensamentos talvez estejam completamente voltados à oração secreta, à leitura bíblica, à adoração pública, à meditação e a outros deveres religiosos — enquanto ignoram os deveres morais: suas responsabilidades em relação à esposa, aos filhos ou aos vizinhos.


Sabem que não devem defraudar o seu vizinho, mentir ou fornicar. Mas parecem não considerar quanto mal há em falar dos outros de modo leviano, censurar o vizinho, contender e brigar com as pessoas, viver hipocritamente diante da família ou negligenciar a instrução espiritual de seus filhos.

Esse tipo de pessoa parece ser muito consciente em algumas coisas — aquelas áreas de sua obrigação sobre as quais se mantém vigilante — mas negligencia completamente outras áreas importantes.

O QUE VOCÊ QUER SER QUANDO CRESCER?



"Então se aproximou dele a mãe dos filhos de Zebedeu, com seus filhos, adorando-o, e fazendo-lhe um pedido.
E ele diz-lhe: Que queres?
Ela respondeu: Dize que estes meus dois filhos se assentem, um à tua direita e outro à tua esquerda, no teu reino.
Jesus, porém, respondendo, disse: Não sabeis o que pedis. Podeis vós beber o cálice que eu hei de beber, e ser batizados com o batismo com que eu sou batizado?
Dizem-lhe eles: Podemos.
E diz-lhes ele: Na verdade bebereis o meu cálice e sereis batizados com o batismo com que eu sou batizado, mas o assentar-se à minha direita ou à minha esquerda não me pertence dá-lo, mas é para aqueles para quem meu Pai o tem preparado.
E, quando os dez ouviram isto, indignaram-se contra os dois irmãos." 
{Mateus 20: 20-24}




Imagine a cena... Jesus dando as últimas instruções a todos os discípulos poucos dias antes de ir a Jerusalém, começa a falar dos fatos que iriam acontecer quando eles chegariam para a festa da Páscoa. Jesus  tentando de alguma forma preparar o coração dos discípulos para o ato da crucificação e ao mesmo tempo dar a esperança do seu retorno e vitória com a ressurreição, em um momento é interrompido com um pedido...
Se tratava da mãe de dois de seus discípulos, Tiago e João, bem conhecidos como os filhos do trovão. Ela chega para junto deles e para chamar a atenção de Jesus o adora. Diz que ela "chegou adorando-o"
Entenda algo aqui:  Ninguém  amança o coração de Deus com bajulação! Adorar a Deus é algo vital para nos achegarmos a Ele. É um reconhecimento de seu valor e de sua grandeza. Adorar a Deus é o primeiro ato que Deus espera de cada um de nós. Mas Deus jamais recebe uma adoração, quando a sua intenção é a de manipulação a seu próprio favor. Não podemos falar palavras bonitas para Deus para usufruir da sua bondade a fim de conseguir algo que é válido  para nosso próprio deleite. E foi isso que esta mãe fez!
Ela vendo que estava chegando ao fim os dias de Jesus na terra, e reconhecendo que Ele era alguém de suma importância para Deus, resolveu  pensar no bem-estar dos seus filhos e porque não dizer o dela próprio também, afinal se os filhos recebecem uma boa posição no Reino ela com certeza seria alcançada, afinal  ela era 'a mãe'. Podemos pensar que o que impulsionava  a aceitação dela por seus filhos andarem pra lá e pra cá com aquele homem, é que de alguma maneira eles seriam reconhecidos com honra, logo pelo costume judeu ela seria vista e reconhecida na cidade como uma mulher sábia e de grande cuidado pela sua família. Ela estava presa ainda por rituais judaicos de aceitação e movida por um sentimento egoísta.
Em nenhum momento ela e seus filhos pensaram nos outros dez discípulos que estavam ouvindo aquele pedido. Em nenhum momento Tiago e João, impediram a sua mãe de continuar a persuadir a Jesus. Não houve um sentimento de humildade da parte deles, afinal todos estavam na mesma situação. Pelo contrário, quando Jesus tenta abrir os olhos deles por aquele pedido infame, eles não baixam a guarda e dizem em alta voz que estavam preparados para beber o mesmo cálice de Jesus. Será que viveriam todo o martírio da cruz sem negar? Tolos...não sabiam o que falavam! Estavam movidos de uma pretensão de se acharem melhores do que os outros discípulos e no mesmo nível espiritual que Jesus. Podemos chamar de "Síndrome de Lúcifer", baseada na arrogância e prepotência de se achar igual a Deus.
Podemos abrir um parenteses por aqui, e pensar um pouco sobre qual é o nosso medidor de bondade. Podemos julgar os outros através de nós mesmos? Tiago, João e sua mãe se acharam melhores que os outros discípulos e tão capacitados como Cristo estava. Nossa bússola sempre será a Palavra de Deus, ela é o nosso espelho, nosso caminho e retidão. Se temos algum medidor em nós e em relação aos outros que seja então pela Palavra de Deus. Através dela podemos ver o quanto estamos longe ou  perto de Deus, sendo imitadores de Cristo. Por ela podemos julgar as atitudes, sejam nossas ou de outros; pelos frutos que cada ação trás (João 7:24). A atitude de Tiago e João trouxe divisão entre os outros. Pois depois de afirmarem estarem já capacitados o suficiente e ouvindo a repreensão de Jesus a tal afirmação, os outros dez discípulos se indignaram com eles. Ali foi a primeira divisão da igreja. E que se Jesus não tivesse apaziguado os corações, talvez depois da crucificação, quando Jesus tivesse ressuscitado não encontrasse ninguém.
Como é bom termos sempre uma palavra certa e de Deus, baseada em princípios bíblicos para algumas situações. Por isso temos que conhecer as escrituras, saber o que elas dizem e sermos guiados por ela. Ah, Senhor! A tua Palavra é luz para meu caminho e lâmpada  para meus pés! A palavra de Deus nos norteia o nosso caminho, nos dá um direção certa. E como uma lâmpada, te orienta a cada passo!
Por não conhecermos ao Senhor, achamos que um ato de adoração pode impedi-lo de enxergar o desejo do nosso coração. Ele sabe o que nos move, o que desejamos e sonhamos! Vá a Deus em adoração, mas com um único objetivo: Honrá-lo! Adorar não é pedir.... Adorar é um ato de negar-se! Pense nisso...
Porque não recebemos? Oramos, jejuamos, adoramos... e pedimos. Para que? Qual o objetivo e intenção?
"Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.- Tiago 4:3"
Entenda que a mãe de Tiago e João, além de querer uma posição especial para seus filhos, resolveu por conta própria desbancar o próprio Deus do trono. Enfim ,ela quis reorganizar o céu! Jesus sentava no meio e cada um dos seus filhos de um lado, e Deus ficava em pé! Quer dizer que ela resolveu achar que podia mandar em Deus.
Temos que cuidar como nos achegamos ao trono da graça. Não é só porque estamos na graça que Deus ficou cego e o céu virou "a casa da mãe Joana"! Discernimento espiritual, este é o nome de um dom que quase ninguém pede. Discernimento anda de mãos dadas com sabedoria e com intimidade, temos que ter, temos que desejar ter, temos que buscar!
Por mais que tenhamos intimidade com Deus, e seja-nos dado o privilégio de sermos de alguma forma usados por ele. Que tenhamos dons espirituais, que sejamos profundos conhecedores da Palavra. Por maiores que sejam os nossos títulos e posições. Ainda assim, a Palavra continua a mesma: "Assim também vós, quando fizerdes tudo o que vos for mandado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos somente o que devíamos fazer.( Lucas 10:17)"
O bom pastor ou o bom mestre é aquele que sempre irá falar a verdade, baseada em princípios bíblicos. Mesmo que esta verdade te leve a um 'NÃO' ou uma não aprovação. E aquele que é cristão ele traz consigo não somente a Verdade, mas conduz os outros na Verdade.
Quando andamos rumo ao céu, dirigidos pela Palavra sempre haverá correções, sempre teremos que ser podados para que Cristo possa ser enxertado em nós. Aceitar a correção, aceitar os 'não' dados por Deus é uma maneira de nos declararmos servos. E foi exatamente isso que cristo ensinou a todos!
A história catastrófica do pedido da mãe, do desejo de seus filhos e do desconforto do restante terminou com Jesus mostrando o exemplo maior... o seu exemplo! Vejamos...(Mateus 20:25-28)

" Então Jesus, chamando-os para junto de si, disse: Bem sabeis que pelos príncipes dos gentios são estes dominados, e que os grandes exercem autoridade sobre eles.
Não será assim entre vós; mas todo aquele que quiser entre vós fazer-se grande seja vosso serviçal; e, qualquer que entre vós quiser ser o primeiro, seja vosso servo;
Bem como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos."
O que você quer ser quando crescer na sabedoria, entendimento e graça de Deus?
Eu pretendo ser serva.... 









A SENTENÇA DE DEUS




" Então dele foi enviada aquela parte da mão, que escreveu este escrito.
Este, pois, é o escrito que se escreveu: MENE, MENE, TEQUEL, UFARSIM "
{DANIEL 5:24,25}
DANIEL 5:1-31 NOS DIZ QUE ...
No tempo em que os judeus viviam sob o cativeiro da Babilônia, o rei em exercício da Babilônia, Belsazar, para ficar bem entre as pessoas mais importantes da corte real, promoveu uma grande festa que reuniu mil autoridades da Babilônia.
A festa do rei Belsazar foi um verdadeiro carnaval regado a muito vinho e celebrado com prazeres e idolatria. O rei, já eufórico pelo efeito da grande quantidade de vinho que bebeu, teve a ideia de servir vinho aos seus convidados com os copos de ouro e de prata que Nabucodonosor saqueou do templo do Senhor quando levou os judeus em cativeiro.
O rei Belsazar, as suas mulheres e amantes, assim como todos os convidados, beberam vinho em abundância nos utensílios do tesouro da casa do Senhor. Além disso, com as coisas santas da casa de Deus, os foliões da festa do rei Belsazar começaram a render louvores aos deuses de ouro, prata, ferro e até de pedra que eram adorados na Babilônia.
E eis que sendo já alta noite na festa profana do rei Belsazar e estando os foliões embriagados pelo vinho, apareceram os dedos de uma mão humana sem braço escrevendo na parede do palácio real.
A mão firmemente escreveu uma sinistra mensagem que silenciou a folia daquela festa de carnaval. O rei Belsazar, vendo a mão escrevendo na parede, ficou transtornado de tal forma que os seus joelhos bateram um no outro de tanto pavor.
Fora de si, sem entender aquela mensagem, o rei ordenou, aos gritos, que chamassem os astrólogos, os adivinhadores e os sábios da Babilônia para decifrarem aquela mensagem.
Quando os astrólogos, os adivinhadores e os sábios chegaram diante do rei, eles não foram capazes de ler as palavras escritas pela mão misteriosa e muito menos de interpretá-las.
A rainha, vendo a preocupação do rei, disse a ele que existia no reino da Babilônia um judeu chamado Daniel, a quem o rei Nabucodonosor constituiu chefe de todos os sábios da Babilônia.
Quando Daniel chegou ao palácio, o rei Belsazar disse a ele que tinha ouvido falar da sua sabedoria excelente e do seu dom divino de interpretar sonhos e enigmas. O rei então prometeu a Daniel presentes, honras e a terceira posição no reino da Babilônia. Daniel, porém, consciente de que um dom é para glorificar a Deus, disse ao rei que ele ficasse com os presentes ou que os desse para outra pessoa.
Daniel começou a interpretação da mensagem dizendo ao rei que Deus lançou-lhe uma sentença por causa da sua afronta em usar os utensílios da casa de Deus em uma festa carnal e idólatra e por não ter glorificado o Senhor no seu reino. Daniel prosseguiu dizendo ao rei que as palavras escritas pela mão na parede do palácio eram “MENE, MENE, TEQUEL e UFARSIM“ e que esta era a interpretação da mensagem: MENE quer dizer “O teu reino acabou”; TEQUEL significa “Pesado foste na balança e foste achado em falta”; PERES (que é o plural de UFARSIM) significa “Dividido foi o teu reino entre os povos medos e persas”.
Ao ouvir a sua sentença, o rei Belsazar só teve tempo de dar presentes e honras a Daniel e constitui-lo o terceiro maior na Babilônia. Naquela mesma noite, o rei Belsazar caiu morto e o império da Babilônia foi tomado por Dario, o medo, conforme as palavras de Daniel.

A CONDUTA DE CARÁTER DE DANIEL:

"Eu, porém, tenho ouvido dizer de ti que podes dar interpretação e resolver dúvidas. Agora, se puderes ler este escrito, e fazer-me saber a sua interpretação, serás vestido de púrpura, e terás cadeia de ouro ao pescoço e no reino serás o terceiro governante.Então respondeu Daniel, e disse na presença do rei: As tuas dádivas fiquem contigo, e dá os teus prêmios a outro; contudo lerei ao rei o escrito, e far-lhe-ei saber a interpretação."{VERS. 16,17
)



Um Daniel que em outro momento tinha sido útil ao rei Nabucodonosor , que tinha tido uma posição de honra na corte e que após a morte do rei estava largado e esquecido...
De repente uma oportunidade de ouro e única aparece ao seu favor.Alguém lembra dele e o reconhece em honra.O que eu e você faria nesta hora?
Daniel podia ter aceito todos os elogios e reconhecimentos.Somente revelar a sentença de Deus depois de tirar algum proveito da situação. Podia ter mentido ao rei, podia ter pedido um tempo para depois falar a verdade,podia ter orado a Deus e tentar barganhar o perdão do rei.
Daniel podia ter feito tantas coisas... Mas ele não fez!
Daniel sabia o que estava escrito, o motivo pelo qual Deus tinha dado aquela sentença ao rei e sabia exatamente quem era Deus.
É muito importante na nossa caminhada nós não esquecermos quem é Deus. Daniel não esqueceu! O Deus que tinha livrado-o da fornalha, da sua visão do quarto homem junto em meio a tal situação. Do Deus que fechou a boca de leões famintos.Também não esqueceu o que Deus faz com aqueles que tentam ser como Deus , ele lembrou de Nabucodonosor vivendo em um curral, sendo derribado de sua soberba.



Daniel sabia que tudo que ele tinha era Deus, e tudo que dele falavam e reconheciam tinha
 provido do favor de Deus.Nisso há gratidão, reconhecimento da soberania de Deus, temor e louvor.Afinal um dos ditos sobre Daniel no meio do reino,era que em Daniel habitava a luz (DN 5:11). Daniel tinha nele luz, e uma luz que era reconhecida como proveniente de um Deus que estava acima de todos os outros.
 Ser luz, ter luz,... lembra-se disso?(Mt 5:14)
Apesar de Nabucodonosor ter mudado o nome de Daniel para Beltessazar ( que significa: que o deus Baal proteja o rei), Daniel jamais se dobrou diante de deus estranho.Os anos se passaram, e Daniel permaneceu fiel a Deus,o Senhor.
Daniel sempre foi fiel em suas ações; orando três vezes ao dia e queimando incenso de adoração a Deus.
Daniel sempre soube em quem estava o seu depósito, sua vida  e sua fé. Seja em uma fornalha ou em uma cova de leões.
Daniel sabia qual era a sua recompensa. Seu interesse era agradar e servir a Deus.E sobre isso, não havia nada neste mundo que pudesse ter valor maior. Nem posições  e nem riquezas. Será que temos isso?
O que temos almejado nestes últimos dias? Será que tudo que possuímos nesta terra não é nada, diante das riquezas em Cristo que nos é oferecidas? Até que ponto está teu comprometimento com Deus e sua Palavra?
Com quem estamos parecidos hoje? Com Daniel ou com o rei Belsazar,que usou das coisas santas de Deus para seus próprios deleites carnais.





DESMASCARANDO JEZABEL NA IGREJA


Mas tenho contra ti que toleras Jezabel, mulher que se diz profetisa, ensinar e enganar os meus servos, para que se prostituam e comam dos sacrifícios da idolatria. "Apocalipse 2:20
                           
Jesus declara algo que está acontecendo dentro da Igreja.Um espírito que está agindo dentro da Igreja em posição de domínio.E além disso, Jesus lança seu julgamento final e de condenação,pois a Igreja sabia da presença deste espírito e deram abertura e consentimento para a sua manipulação.
Apesar de Jesus falar neste espírito como sendo na figura de uma mulher,este age indistintamente em mulheres ou homens, pois é espírito e se aloja na alma.Aqui é denotado a palavra 'mulher' e 'Jezabel' dando uma referência prática em lembrança a profetiza Jezabel e suas atitudes contra o povo de Deus,que se encontra em I e II  Reis.A palavra aqui empregada como sendo na figura de uma mulher,está denotando a sutileza e beleza e a capacitação de gerar seguidores(filhos), como forma de encantamento,manipulação e domínio. Assim como a menção do nome 'Jezabel', leva a referência que se trata de uma autoridade espiritual maligna (já que esta era uma profetiza),levando os seus seguidores a uma idolatria e prostituição,pois estes passam a ter este espírito com centro e referência de bênção, salvação e conhecimento,o que os leva a uma prostituição espiritual, pois acabam se vendendo espiritualmente.A denotação de seus adereços e vestes provocantes, é relacionada a esta prostituição, pois as bênçãos que este espírito (provisoriamente) proporciona  aos estão influenciados por este,estão personificados nas  riquezas materiais como prova de sua 'benção' e pagamento pela sua aceitação .
Lembre-se que as pessoas fortemente influenciadas pelo espírito de Jezabel apresentarão estas características, num momento ou outro, embora não necessariamente na ordem descrita. 
Uma característica isolada e única não indica que alguém tenha o espírito de Jezabel. Pode significar apenas que a pessoa é emocional e espiritualmente imatura. No entanto, sempre que houver uma combinação de várias dentre as 14 características relacionadas, isso será uma forte evidência de que o indivíduo esteja debaixo desta influência maligna.
Lembremos também que uma característica pode ser bem visível enquanto outra pode estar oculta, mas mesmo assim mostrar-se bem acentuada.
Uma manifestação prolongada de qualquer uma dessas características exige uma avaliação mais atenta do indivíduo e da situação em que a igreja se encontra.
Eis aqui algumas características que acompanham a operação desse espírito demoníaco:   


1- Em busca de reconhecimento do pastor ou daqueles que estão acima dele e dos membros, o indivíduo forma associações estratégicas com pessoas que são reconhecidas como espirituais e têm influência na igreja, a fim de se tornar conhecido e aceito , buscando uma posição de liderança.

2- Com motivos impuros, o indivíduo busca se aproximar de outros, sempre visando seus próprios interesses. Parece desejar fazer "discípulos" e precisa de constante afirmação de seus seguidores.

3- Para parecer espiritual, o indivíduo busca reconhecimento próprio manipulando as coisas e buscando tirar vantagem, sobre situações e pessoas. Muitas vezes, compartilha sonhos e visões provenientes de sua própria imaginação ou que ouviu de outros.

4- Quando o indivíduo recebe um reconhecimento inicial, geralmente responde com falsa humildade. No entanto, tal atitude não dura muito pois a sua natureza maligna denota atitudes de arrogância,soberba e prepotência.Assim como o que regia Lúcifer,desejando estar acima de Deus.
5- Ansioso para conseguir o controle, ele reúne as pessoas e procura ensiná-las. Embora, a princípio, o ensino possa ser correto, ele apresenta "doutrinas pessoais" que não possuem fundamentos na palavra de Deus, usando de seu conhecimento para modificar sutilmente as verdade bíblicas.
6- Quando é confrontado, o indivíduo se coloca na defensiva. Ele justifica suas ações com frases do tipo "Estou obedecendo a Deus" ou "Deus me disse para fazer isso" e muitas vezes distorce a própria Palavra de Deus para benefício próprio.E quando este já possui alguma posição de liderança,faz com que os outros pensam que aquele que o confrontou está indo contra o próprio Deus,excluindo-o e levando este a uma morte espiritual.

7- Lamentavelmente a vida familiar desse indivíduo é turbulenta. Ele pode ser solteiro ou casado. Quando é casado, seu cônjuge geralmente é espiritualmente fraco, não convertido ou miserável. Esse indivíduo tem tendência de dominar todos os membros de sua casa.

8- Mascarando uma auto-estima deficiente com o orgulho espiritual, ele deseja ser visto como a pessoa mais espiritual da igreja. Pode ser o primeiro a chorar, a clamar, a ter mais conhecimento da palavra do que os outros, etc., afirmando estar recebendo uma carga de Deus. No entanto, não é diferente dos fariseus que queriam que suas boas ações fossem vistas e suas virtudes reconhecidas pelos homens. Assim sua vida gera em torno de si,buscando um lugar de destaque e liderança,sendo elogiado e reconhecido como o melhor.
9- Para aumentar seu favor, o indivíduo muitas vezes se aproxima do pastor e dos líderes locais e depois busca encontrar o elo mais fraco a fim de dominá-lo. Seu objetivo final é governar toda igreja.

10- Embora a princípio seja difícil perceber, o indivíduo sente-se profundamente ameaçado pelos profetas, os quais são seus principais alvos, pois seu objetivo com eles é o de intimidação através de sua posição ministerial.
Embora ele pareça ter o dom de profecia e ter alguma espiritualidade, seu alvo na verdade é controlar aqueles que se movem na esfera profética e que são verdadeiros servos de Deus.

11- Muitas vezes, o indivíduo alega ter grandes revelações espirituais sobre o governo da igreja, mas não busca as autoridades legítimas que estão acima dele. Em geral, primeiro compartilha

12-Esse indivíduo prefere orar pelas pessoas em particular (em outra sala ou num canto isolado), para não ter de prestar contas a ninguém.
Assim, suas revelações e falsas "profecias" não podem ser questionadas.

13- Enganando os outros com profecias carnais e falando aquilo que as pessoas gostam de ouvir, ele busca acima de tudo conseguir credibilidade e liderança, manipulando as pessoas com suas palavras e atitudes. Profetiza meias verdades ou fatos pouco conhecidos, como se fossem revelações divinas, torcendo seus pronunciamentos anteriores e fazendo parecer que se cumpriram na íntegra.

14- Embora a imposição de mãos seja um princípio bíblico, esse indivíduo gosta de compartilhar um outro tipo de espiritualidade. Por meio da imposição de mãos sobre as pessoas, alega ser aquele que vai abençoar a vida destas, utilizando de sua posição ministerial e sua credibilidade.
No entanto, seu toque transmite maldição e não benção. Em vez de uma benção santa, o que ele transmite mediante seu toque é um espírito maligno, de manipulação e encantamento; o que faz o entendimento de cada um ser aprisionado. Desta maneira esta pessoa passa a liderar não só ministerialmente,mas mentalmente e espiritualmente a todos quanto se deixam seduzir pela sua carisma e falsa espiritualidade, se tornando centro da igreja e ditando agora com aceitação as suas falsas doutrinas.


   
Fonte: Retirado do livro "Desmascarando o espírito de JEZABEL" ,de John Paul Jackson. 

PRINCÍPIOS, ÉTICA E INTEGRIDADE

                                       
" De sorte que, meus amados, assim como sempre obedecestes, não só na minha presença, mas muito mais agora na minha ausência, assim também operai a vossa salvação com temor e tremor;
Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.
Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas;
Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo;
Retendo a palavra da vida, para que no dia de Cristo possa gloriar-me de não ter corrido nem trabalhado em vão
.
"{Filipenses 2:12 ao 16}
Meu querido apóstolo Paulo ... Ah, as vezes me tomo pensando como seria tê-lo como pastor!Um homem de princípios,de ética e de integridade!
Um homem de Deus que tinha uma conduta tão transparente, que com toda a firmeza ousou em dizer : Sejam meus imitadores!(I CO 11:1a)
Com a sua conduta irrepreensível nos deixou uma planilha de como viver,andar e pensar.Foi o 'carro chefe' dos primeiros passos da Igreja primitiva.Inspirado por Deus escrevia, pregava e conduzia a Igreja.Posso afirmar que olhando para a história da Igreja ,que através de Paulo a Igreja criou forma,cresceu e se desenvolveu a imagem e semelhança de Jesus.
Cristo,o Fundamento de toda obra e a Pedra pela qual a Igreja seria edificada estava pronta. Havia o fundamento, mas  ficou sobre os cuidados dos primeiros apóstolos a missão de indicar os alicerces desta construção.
Não adiantava falar de Jesus, era preciso 'viver' Jesus.O Evangelho era pregado mais e mais. No primeiro instante de ser anunciado as boas novas, as pessoas eram impactadas pela palavras, afinal elas continham vida...
Paulo chega a um determinado ponto,em que o questionam sobre tais palavras; e ele ressalva que as palavras das quais  ele pregava não eram de sabedoria humana e de um vasto conhecimento filosófico, não haviam nenhum efeito humano de carisma ou  persuasão, mas eram palavras de demostração de Espírito e poder,das quais eram dadas através do próprio Espirito Santo que ensinava, sendo ele um instrumento de Deus.Os sinais e os milagres seguiam e alcançavam muitas pessoas.
Mas nisto tudo há algo mais e de fundamental importância.Eles viviam o que pregavam! 
A firmeza dos alicerces erguidos da Igreja Primitiva estava no material da obra.Estamos  falando de materiais espirituais, em uma obra divina, que reflete a Igreja de Cristo na terra.Somos barro e pó, mas  somos as pedras vivas que preenchem esta obra.Dentro de cada um de nós é colocado um compartimento divino , em que repousa a glória de Deus.Somos casa de Deus,templo do Seu Santo Espírito.
E este entendimento estava muito claro e vivo dentro dos primeiros cristãos.Eles entendiam que o mérito deles estava em SER cristãos e não só FALAR de Cristo.
Eles sabiam o quanto era valioso o seu testemunho e que era através dele que muitos iriam seguir a Cristo.
Paulo ensinando a Igreja e tentando resolver um problema de ordem burocrática que estava ocorrendo dentro das igrejas, foi questionado sobre as cartas de recomendação de alguns irmãos que viajando iam de um lugar a outro.Paulo resolve a situação fazendo o seguinte questionamento: Não são vocês cartas vivas de Cristo, lida por todos?(2 CO 3:2)
Queridos aqui está... CARTAS VIVAS DE CRISTO,LIDA POR TODOS!
Se cada um dos cristãos de hoje tivesse este sentimento dentro de si, este chamado, esta responsabilidade; então os cristãos do século XXI seriam reconhecidos pelo seu bom testemunho e pelas suas boas obras.
Jesus disse que antes dele retornar para buscar a sua Igreja haveria escândalos, que o amor seria esfriado,que alguns seriam lobos disfarçados e que  fariam comércio da fé.Que Satanás se vestiria de anjo de luz e enganaria a muitos, inclusive alguns escolhidos.
Mas isso não significa que a Igreja tem que ficar imune e calada enquanto alguns tentam de todas as maneiras conduzir  os santos a uma confusão espiritual.
O grande problema hoje da decadência espiritual ao qual vivemos, e que está aí ,em todo o lugar, independente de placa religiosa ou país , se resume em uma só questão: NÃO CONHECEMOS O DEUS AO QUAL PROFERIMOS A FÉ! 
Não lemos a Palavra de Deus, não buscamos entendê-la. A Palavra é Deus. E como pode um cristão andar dia após dia sem conhecer a Palavra?Falta conhecimento, e se não conhecemos o nosso Deus ,estamos fechados para o ensino através do Espírito Santo e demostração de poder.
Aceitamos qualquer palavra que nos convém, que amanceba o nosso ego e trás conforto.E é exatamente por esta razão  que falta nos nossos pastores, apóstolos e líderes: PRINCÍPIOS, ÉTICA E INTEGRIDADE!
Trocamos o manancial de águas viva por cisternas rotas!( Porque o meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm águas.Jeremias 2:1)
Aceitamos qualquer carismático emotivo em cima de nossos púlpitos.Aceitamos uma meia dúzia de cursinhos teológicos e um anel no dedo como sinal de chamado divino.Trocamos a sabedoria divina pela terrena, filosófica e humana.Homens sem base divina, sem alicerce santo!
De que são feitas  as suas obras?Quem é o fundamento de suas obras?Aceitamos as 'palavras',mas pouco nos preocupamos com a conduta!
Lobos devoradores,arrancando a lã e se fartando da gordura das ovelhas, e o que é pior... com o consentimento delas!
Que geração é esta que está sendo erguida na Igreja?Quem está moldando esta geração?A quem é dado o direito de conduzir esta nova geração? Homens sem princípios cristãos, sem ética alguma e com nenhuma integridade para conduzir a Igreja e os santos de Deus.
Um dos frutos de uma má conduta em uma igreja pelo líder, é que seus membros estão fracos,dormindo e doentes.Paulo nos diz isso quando, se refere de participarmos do corpo e do sangue de Cristo indignamente não o discernindo.( I CO11)
Como alguém que é justificado por Cristo passa a estar indigno de desfrutar do corpo?
Como cristãos podem estar dentro de uma igreja e não discernir o corpo e o sangue de Cristo?
O ato de discernir significa:  Distinguir,saber estabelecer conveniente diferença (entre coisas ou pessoas).Saber discriminar,conhecer,avaliar bem, medir e apreciar.Agora como uma geração que não ama a Palavra de Deus, que não busca conhece-la e aplica-la na sua vida pode discernir Deus?
Os princípios na vida de um cristão são o primeiro impulso aos arrependimento,a confissão de pecados e abandono dos mesmos.Os princípios de um cristão estão na única coisa que o impulsona a viver .que é: exaltar e honrar a Deus.
O que move as nossa atitudes?O que tem movido as atitudes desta nova geração?Destes líderes, pastores e apóstolos? Que sentimento que há dentro de cada coração para fazer a obra de Deus?Para conduzir a Igreja do Senhor?
Paulo dizia que o morrer para ele era tido como lucro,pois o seu viver era Cristo.Declarava que o seu viver era Cristo.Isto são princípios...Todas as atitudes de Paulo eram geradas de seus princípios.Ele sabia quem era Deus,conhecia a Cristo e aceitou o seu chamado.nele havia um discernimento constante, e apesar das dificuldades da sua época, jamais trocou o manancial de águas vivas por qualquer cisterna que se apresentasse no caminho.Por isso ele aconselha a Igreja:De sorte que, meus amados, assim como sempre obedecestes, não só na minha presença, mas muito mais agora na minha ausência, assim também operai a vossa salvação com temor e tremor;
Mas como detectamos, se os princípios daqueles que nos lideram são realmente cristãos? O próprio Jesus respondeu o mesmo para os discípulos, 'É PELOS FRUTOS QUE OS CONHECEREIS!'(MT 7:20)São seus frutos de paz, de justiça; ele tem ajuntado almas ou espalhado?O verdadeiro pastor ,chamado por Deus, é aquele que dá a sua vida pelas almas... O seu pastor tem se doado integralmente  para a edificação e salvação de almas?Em que está firmado os seu sonhos e desejos, a grande busca de seu ministério é crescer horizontalmente em expansão territorial ou de levar as pessoas a um crescimento vertical de busca à Deus?Em suas atitudes diárias você vê Jesus nele?Você pode imitá-lo, tendo a certeza que ele é um referencial de Cristo?
O que falar então da ética cristã?A ética esta ligada a moral, a regra de conduta de uma pessoa.Ser uma pessoa ética é demostrar com a nossa maneira de se portar, os nossos costumes, a nossa índole e a nossa natureza.E sobre todas estas coisas há o que aprender na Palavra de Deus.Por mais que os tempos e épocas mudem em uma sociedade, honestidade,humildade e  verdade nunca saem  da moda!(Veja mais em:Tito 1 e I Timóteo 3)  Os cristãos primitivos tinham ética!Sua maneira de viver era tão diferenciada dos demais da sociedade que eram em tudo observados,pois havia amor,honestidade, verdade, singeleza de coração,paz,justiça e gozo.Parece que estou descrevendo aqui o que em Gálatas 5 nos  fala  sobre os  frutos do Espírito Santo.Mas é exatamente isso,pois quando os princípios do carácter de uma pessoa são transformados, ela passa a ter nela uma natureza divina, que a transforma e a modela, e a faz parecer exatamente a imagem e semelhança de Deus, fazendo com que as suas atitudes sejam em tudo apreciadas , louváveis e distintas como sendo cristãs.Não há sombra de dúvida e nem variação de pensamentos,o que há naquela pessoa são os frutos do Espírito Santo,pois em tudo ela é recomendável.E com Paulo diz a Igreja:Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas;Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo; Quais são os seus frutos?
Por fim a integridade... Sermos íntegros é o que nos faz sermos trigo e não joio.O significado de integridade é de suma importância aqui.Integridade é : O carácter daquilo a que não falta nenhuma das suas partes; é o estado de são, de inalterável.É a retidão, honradez;  e por fim a pureza intacta.
Falta homens íntegros.Falta em cima dos púlpitos integridade!Falta em meio aos cristãos integridade!
Falta zelo pela Noiva de Cristo...
Falta retidão no chamado....
Falta honradez, santidade,pureza...
Falta amor! Amor por Deus, amor pelas almas, amor pela Igreja....
Paulo diz a Igreja:Retendo a palavra da vida, para que no dia de Cristo possa gloriar-me de não ter corrido nem trabalhado em vão.
Integridade pela Palavra da vida...
Pregador, pastor, irmão.... falta integridade.....
Termino com um grande pesar. Um pesar santo,um choro contido,uma dor na alma pela igreja do Senhor, pelos fiéis.
Com certeza o pior cego é aquele que não quer ver... mas Cristo venho para dar vista aos cegos e as portas do inferno não prevalecerão sobre a Igreja do Senhor.Muitos são chamados, mas poucos são os escolhidos.Ele próprio virá e julgará, separará um a um, saberá discernir o joio do trigo.Ele virá e já está as portas este dia.Oh,Maranata... Ora vem Senhor Jesus!Porque Ele busca os fiéis na terra. Eis-me aqui Senhor...

::PESQUISAR NO GOOGLE::

DICAS DE CD'S

DICAS DE CD'S

  • * Abraça-me - David Quinlan
  • * Abundante Chuva - Fernandinho
  • * Apenas Um Toque ao vivo - Fernanda Brum
  • * Atmosfera de Adoração 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - Min. Irineo Grubert
  • * Casa Favorita - Filhos do Homem 3
  • * Cassiane 25 anos de muito Louvor - Cassiane
  • * Completamente Apaixonado - Judson Oliveira
  • * Devolta a Inocência - Quatro por Um
  • * Ele Enxugou Minhas Lágrimas - Judson Oliveira
  • * Eletro Acústico - Paulo César Baruk & banda Salluz
  • * Eleva-me - Santa Geração 9
  • * Em Tua Honra - David Quilan
  • * Excelência - Nani Azevedo
  • * Meu Encontro - Chris Durán
  • * Poderoso Deus -Santa Geração
  • * Protegida - Lydia Moisés
  • * Rasque os Céus e Desce - Santa Geração 7
  • * Restituição - Min. Apascentar de N. Iguaçu
  • * Shalon Jerusalém - Paul Wilbur & Ana Paula Valadão
  • * Sol da Justiça - Fernandinho
  • * The Ultimate Gospel - Elvis Presley
  • * The Watchman - Paul Wilbur
  • * Tu És Tão Lindo - Santa Geração
  • * Unção que Une - Heloisa Rosa
  • * Único Desejo - Min. Ouvir e Crer
  • *Ainda estou Aqui - Voz da Verdade

  • * 101 Maneiras de ter um Natal cristão AUTOR: Brenda Verner Copyright © 2006 por Verner Brenda.
  • * A Era dos Mártires - Ed. Vida Nova
  • * Autoridade Espiritual - Watchman Nee
  • * Caçadores de Deus - Tommy Teney
  • * Cinco Votos para Obter Poder Espiritual - A.W.Tozer
  • * Debaixo das Suas Asas - John Bevere
  • * Doze Homens e Uma Missão - Ed. Hagnus
  • * Ele Escolheu os Cravos - Max Lucado
  • * Heróis da Fé - Orlando Boyer
  • * Lutero - Ed. Vida
  • * O Evangelho Reunido - Juanribe Pagliarin
  • * O Livro dos Mártires - Ed. Hagnus
  • * O Nome De Jesus - Kenneth E. Hagin
  • * O Peregrino - John Bunyan
  • * O que Jesus diria da sua Igreja? - Richard Mayhue
  • * Quando Não Dá Mais... - Juanribe Pagliarin
  • * Sorria - Max Lucado
  • * Uma Vida Voltada para Deus, de John Piper. Editora FIEL

  • ATRAVÉS DA BÍBLIA LIVRO POR LIVRO - Mier Pearlman/Editora:Vida Acadêmica
  • HISTÓRIA DO CRISTIANISMO - A. Kmight & W. Anglin/Editora:CPAD
  • HISTÓRIA ECLESIÁSTICA - Eusébio de Cesárea /Editora:CPAD
  • USOS E COSTUMES DOS TEMPOS BÍBLICOS - Gower/ Editora:CPAD
  • O CRISTIANISMO ATRAVÉS DOS SÉCULOS ( UMA HISTÓRIA DA IGREJA CRISTÃ) - Earle E. Cairns/Editora:Vida Nova

  • * Bíblia da Liderança Cristã [Excelente Estudo e Discipulado para Obreiros, Ministros, Pastores e Líderes,feitas pelo Sr. John C. Maxwell vale a pena conferir] Editora:Soc. Bíblica do Brasil
  • * Bíblia Shedd [Com os seus Estudos Escritos pelo Sr. Pastor Russell P. Shedd] Editora: Vida Nova e Soc. Bíblica do Brasil
  • * Bíblia de Estudo de Genebra [Uma das Melhores Bíblias de Estudo com uma linguagem fácil e um vasto estudo a cada versículo] Editora: Cultura Cristã e Sociedade Bíblica do Brasil
  • * Biblia de Estudo Pentecostal [Trás uma Explicação de quase todos os Versículos para que o leitor possa entender profundamente o sentido de cada passagem] Editora : CPAD
  • * Bíblia de Estudo Devocional [Pastor Max Lucado - Trás em Cada Texto Bíblico uma Noção Histórica do Tempo em que se passa ,o Objetivo Central e um Aconselhamento] - Editora: CPAD
  • * Bíblia Da Família [Com Estudos e Aconselhamentos - a todo o tipo de Questões Familiares - Pelo Pastor Jaime Kemp e sua Esposa Judith Kemp ] Editora: Soc. Bíblica do Brasil
  • * Bíblia de Referência Thompson - [ Versículos em Cadeia Temática,com ótimos estudos Bíblicos de apoio ] Editora : Vida
  • * Bíblia de Jerusalém [Tradução de Textos Direto dos Originais] - Editora: Paulus