Total de visualizações deste blog

JUNTE-SE A NOSSA FAMÍLIA

MEMBROS DESTE BLOG

SEGUIR POR E- MAIL

O problema está em se intitular "crente".

Tu crês que há um só Deus; fazes bem.Também os demônios o crêem, e estremecem.
{Tiago 2:19}
Queridos aqui está a prova real que Deus quando nos escolheu esperava e ainda espera algo mais do que simplesmente nós crermos que Ele existe.
Quando me deparo com este versículo, olho para dentro de mim e começo a me 'pesar' com a Palavra,e ver que há áreas da minha vida que ainda precisam ser tocadas e restauradas e até removidas e que está ali o titulo: CRENTE.
Estudando a história da Igreja dos apóstolos até o dia de hoje, percebi que o grande problema do homem foi de se intitular diante dos outros homens com títulos e placas,fazendo uma separação daqueles que criam em Cristo do resto do mundo.
Os apóstolos pregavam o cristianismo;que era a crença em Cristo,como sendo filho de Deus e Messias,o salvador.sendo Cristo a nossa ligação em perdão e misericórdia a Deus e exemplo de conduta na terra para se alcançar o lugar desejado no céu.Então surgiu o titulo : Cristãos; que significa: pequeno Cristo.
Está é a idéia de Deus! de sermos pequenos "Cristos " na terra.Sua imagem e semelhança,uma diferença que possa ser vista pelas nossas atitudes e sentida pela presença de Deus dentro de nós.
Os apóstolos se foram e com eles muitas raízes se perderam ao longo dos séculos...
A Igreja agora passa a ter tantas e tantas ramificações ,visões diferentes,condutas novas,que podemos escolher qual opção nos é mais confortável.
A Igreja pode ser apostólica,ortodoxa,católica tradicional ou carismática,evangélica,batista tradicional ou renovada, pentecostal ou neo-pentecostal ... e por aí vai.
Passamos a ser "crentes"...porque por mais ramificações e visões que se contradizem muitas vezes permanecemos com apenas uma coisa em comum: cremos que Deus existe e que Ele é Deus.
Pobres crentes,tão pobres de espírito e de intimidade com Deus que somos!Tiago diz,que os demônios também crêem e estremecem diante de Deus. E nós?
Nós batemos no peito e nos achamos melhor do que o resto do mundo que não pensa como nós,não crê como nós e não age como nós, nos achamos no direito de por o resto do mundo no inferno ,mas esquecemos de ser cristãos e já perdemos a muito tempo o estremecer diante deste Deus que cremos.
Os apóstolos eram reconhecidos nas ruas pela sua conduta,pelo seu testemunho,pela sua maneira de falar e de repartir o pão.E nós?
Há nós... nós precisamos de uma carteirinha com foto de membro, precisamos de tantas coisas para poder fazer parte de qualquer que seja a denominação da nossa igreja.
Quando chegamos em um lugar temos que logo perguntar ;Quais são as regras aqui para eu ser aceito?
Pobres e miseráveis crentes que somos,os homens refizeram a igreja de Cristo ao seu bem dispor,sem ao menos perguntar ao dono se podiam remodela-la.
Quem somos nós para determinar uma nova construção?Creio que o arquiteto que a projetou ,foi perfeito nos detalhes e recomendação da obra.
A Igreja de Cristo é espiritual e feita de materiais espirituais, e para sermos nós parte viva desta obra temos que ser espirituais e vivos em Cristo e para Cristo.
A nossa conduta tem que ser a de Cristo,já deixada como exemplo nas Escrituras. temos que voltar a estremecer diante de Deus ,ou seja ;que renasça na Igreja o temor a Deus.
Deixamos sim de respeitar a Deus!Fazendo das nossa instituições religiosas verdadeiras 'torres de Babel',não nos misturando e nos achando os melhores!
Como podemos somente nos satisfazer em crer que Deus existe, sem termos em nós o sentimento de estremecermos diante da sua soberania e grandeza?
E como podemos ser reconhecidos por Deus como seus filhos se nem ao menos O temos sentido como Pai?
O problema está em justamente se intitular crente,evangélico,católico ,batista ou sei lá mais o que irá aparecer por amanhã.Temos que ser cristãos!
Se eu e você passarmos a nos intitular cristãos, então aqui há o peso da responsabilidade de sabermos que estamos nos igualando a um "alguém" sem defeito e pecado e com uma conduta indescutivelmente boa em tudo e apoiada por Deus.
Que possamos destruir em nós qualquer sentimento de Babel, somos pó e ao pó tornaremos.Se temos algo bom é porque nos foi dado por alguém que é maior que nós ,Cristo Jesus.
Se temos que seguir a homens e instituições, e para sermos aceitos na nossa congregação temos que fazer a "cartilha "completa, então por nada foi a morte de Cristo na cruz.
Nossa meta seja o céu,nosso caminho e verdade seja Cristo,nossa bússola a Palavra e nossa força esteja em Deus.

A Cruz de Cristo - por A.W. Tozer

A cruz de Cristo é a coisa mais revolucionária que já apareceu entre os homens. . . Depois que Cristo ressurgiu dos mortos, os apóstolos saíram a pregar a Sua mensagem, e o que pregaram foi a cruz. E por onde quer que fossem pelo mundo, levavam a cruz, e o mesmo poder revolucionário ia com eles, A mensagem radical da cruz transformou Saulo de Tarso e o mudou de perseguidor dos cristãos em um terno crente e um apóstolo da fé. Seu poder mudou homens maus em bons. Sacudiu a longa escravidão do paganismo e alterou completa¬mente toda a perspectiva moral e mental do mundo ocidental. . . Fez tudo isso, e continuou a fazê-lo enquanto se lhe permitiu permanecer como fora originalmente, uma cruz. Seu poder se foi quando foi mudado de uma coisa de morte para uma coisa de beleza. Quando os homens fizeram dela um símbolo, penduraram-na nos seus pescoços como ornamento ou fizeram o seu contorno diante dos seus rostos como um sinal mágico para protegê-los do mal, então ela veio a ser, na sua melhor expressão, um fraco emblema, e na pior, um inegável feitiço. Como tal. é hoje reverenciada por milhões que não sabem absolutamente nada do seu poder. . . A cruz atinge os seus fins destruindo o modelo estabelecido, o da vítima, e criando outro modelo, o seu próprio. Assim, ela tem sempre o seu método. Vence derrotando o seu oponente e lhe impondo a sua vontade. Domina sempre. Nunca se compromete, nunca faz barganhas, nunca faz concessão, nunca cede um ponto por amol¬da paz. Não se preocupa com a paz; preocupa-se em dar fim à sua oposição tão depressa quanto possível. . . Com perfeito conhecimento disso tudo, Cristo disse: "Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me." Assim a cruz não só põe fim à vida de Cristo; termina também a primeira vida, a velha vida. de cada um dos Seus seguidores verda-deiros. Ela destrói o velho modelo, o modelo de Adão, na vida do crente, e lhe dá fim. Então o Deus que levantou a Cristo dos mor¬tos levanta o crente, e uma nova vida começa. . . Isto, e nada menos que isto, é o cristianismo verdadeiro, em¬bora não possamos senão reconhecer a aguda divergência que há entre esta concepção e a sustentada pelo tipo comum de cristãos conservadores hoje. Mas não ousamos qualificar a nossa posição. A cruz ergue-se muito acima das opiniões dos homens e a essa cruz todas as opiniões terão que vir afinal para julgamento. Uma lide¬rança superficial e mundana gostaria de modificar a cruz para agra¬dar os religiosos maníacos por entretenimento que querem divertir-se até mesmo dentro do santuário; fazê-lo, porém, é cortejar a tragédia espiritual e arriscar-se à ira do Cordeiro feito Leão. . . Temos que fazer alguma coisa quanto à cruz, e só podemos fazer uma destas duas: fugir ou morrer nela. E se formos tão teme¬rários que fujamos, com esse ato estaremos pondo fora a fé vivida por nossos país e faremos do cristianismo uma coisa diferente do que é, Neste caso, teremos deixado somente o vazio linguajar da salvação; o poder se irá juntamente com a nossa partida para longe da verdadeira cruz. . . Se somos sábios, faremos o que Jesus fez: suportaremos a cruz e desprezaremos a sua vergonha pela alegria que está posta diante de nós. Fazer isso é submeter todo o esquema da nossa vida, para ser destruído e reconstruído no poder de uma vida que não se acabará mais. E veremos que é mais que poesia, mais que doce hinologia e elevado sentimento, A cruz cortará fundo as nossas vidas onde fere mais, não nos poupando nem a nós mesmos nem as nossas reputações cultivadas. Ela nos derrotará e porá fim às nossas vidas egoístas. Só então poderemos elevar-nos em plenitude de vida para estabelecer um padrão de vida totalmente novo, livre e cheio de boas obras. . . A modificada atitude para com a cruz que vemos na ortodoxia moderna prova, não que Deus mudou, nem que Cristo afrouxou a Sua exigência de que levemos a cruz; em vez disto, significa que o cristianismo corrente desviou-se dos padrões do Novo Testamento. Para tão longe nos desviamos que nada menos que uma nova reforma restabelecerá a cruz em seu lugar certo na teologia e na vida da igreja. - A. W. Tozer, O Melhor de A.W. Tozer (reblogado do blog "Voltemos ao Evangélio")

TEMOS QUE SER CRISTÃOS SEM FERMENTO

"Alimpai-vos pois do fermento velho,para que sejais uma nova massa,assim como estais sem fermento.Porque Cristo,nossa Páscoa,foi sacrificado por nós.
Pelo que façamos festa não com o fermento velho ,nem com o fermento da maldade e da malícia ,mas com os asmos da sinceridade e da verdade."
(I Coríntios 5:7 e 8)
A veracidade de Cristo e da sua pregação era pela testificação da sua conduta.Ele era o que pregava e fazia o que ditava como certo e verdadeiro.
Muitos iam a Cristo para observá-lo tentando achar algo que o condenasse,lançavam perguntas para ver se ele em suas respostas iria ter algum deslize das leis judaicas.
Cristo sempre se mostrou intacto,sua conduta e pregação andavam sincronizadas independentemente de que o ouvia ou seguia.
No momento de tensão do Getsêmane quando Judas chega com os servos dos sacerdotes, há dois fatos interessantes.Pedro "tentando ser "o grande soldado e defensor ergue a espada e corta fora a orelha de Malco,o servo do sumo sacerdote;a atitude de Jesus foi de chamar a atenção de Pedro o ensinando que não era daquela maneira e pega a orelha do homem e tocando na face recoloca a orelha no seu devido lugar.O segundo fato é Judas que vem em direção a Cristo e o beija na face,e a Biblia relata que Jesus o chama de : amigo.
O que nós faríamos?
Isto é ser sem fermento!
O fermento aqui pode ser detectado pela conduta de Pedro no momento da adversidade.O amor dele por Cristo o levou a fazer justiça com suas próprias mãos, o sentimento de ira falou mais auto.
Quantas vezes fizemos justiça por meio de palavras e atitudes que não condizem com o proceder de Cristo.Não damos a outra face,não andamos mais uma milha,não damos a nossa capa,...
Isto bem condiz com o que Jesus fala aos discípulos e está em Lucas 12:1,"...acautelai-vos primeiramente do fermento dos fariseus,que é a hipocrisia.
Hipocrisia é o mesmo que agir falsamente,não ser sincero.Colocar uma máscara sobre si,pregando o que (as vezes é o certo) e fazendo o oposto(ou sentindo o oposto).
Quando Jesus chamou Judas de amigo,ele falou em amor,porque o tinha como amigo.Quando amamos ,perdoamos,compreendemos.Cristo naquele instante o compreendeu,o amou,o perdoou e Judas permaneceu sendo seu amigo..até o fim.
Ele não age assim conosco?Sim,existe várias maneiras de trair a Deus,mas sobre todas elas ele nos entende,perdoa,ama e ainda assim continua ao nosso lado nos chamando de filhos.
Necessário é nascer novamente,se vestir de Cristo,enraizá-lo na nossa alma até que mate toda a erva daninha deste fermento humano.
Este nosso humanismo desacerbado,valorizando o ego humano, onde o interesse maior é o bem estar ,o conforto,os prazeres,as vantagens.
E o que dizer do fermento da malícia? A malícia anda de mãos dadas com a manipulação.No Brasil já faz parte da cultura popular o famoso "jeitinho brasileiro",que é na verdade um meio de trapacear,forjar,manipular, usar de meias verdades e malícia para se chegar ao objetivo desejado ou conquistar algo.
O quanto vimos isto sobre nossos púlpitos,nas nossas campanhas,vigílias e se procurarmos mais um pouco podemos achar até dentro de nós mesmos.
Cristo sempre teve uma palavra duro quando se tratava dos fariseus,saduceus...
A Palavra era dita sem dó e nem piedade,Cristo via as intenções deles e os quebrava com a pregação da verdade e uma conduta inrrepreensível.
João Batista os chamava de "raça de víboras"!
Como Cristo me chama hoje?
Vejo as lideranças religiosas preocuparem-se em defender suas placas,tentarem cada vez mais mostrar templos luxuosos,de ditar suas regrinhas de o que comer,o que tocar,o que vestir...
Mas não foi exatamente isso que Cristo venho abolir?
Sim,pois na época refaziam o grande templo,e o que ele disse?Em um instante derrubo este templo e em três dias o refaço e ainda atrairei a todos para mim.Visando que,na sua ressureição seria erguido em nós o verdadeiro templo de Deus.O projeto de Deus é do homem ser o templo do seu Espírito Santo,ser morada de Deus,casa de oração.Por isso é que os discípulos e depois Paulo pregavam a conversão de dentro para fora,a verdadeira transformação.E é esta que deve ser a nossa visão e busca até Cristo ser erguido em nós e então atrairemos a todos a seguirem a Jesus,pois verão em nós à Cristo.
Então não precisaremos mais de pretextos mundanos e modernos para a Igreja.
Eu quero ser sem fermento da velha criatura...
Igreja busquemos este desprendimento,esta visão,esta transformação.
O que adianta ganhar o mundo inteiro e perder a própria alma?
O que adianta agradar alguns e ser rejeitado pelo Pai?
Sermos conhecido no mundo inteiro e não no céu?
Cada um sabe de si próprio e Deus sabe de todos e pesa a cada um...

::PESQUISAR NO GOOGLE::

DICAS DE CD'S

DICAS DE CD'S

  • * Abraça-me - David Quinlan
  • * Abundante Chuva - Fernandinho
  • * Apenas Um Toque ao vivo - Fernanda Brum
  • * Atmosfera de Adoração 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - Min. Irineo Grubert
  • * Casa Favorita - Filhos do Homem 3
  • * Cassiane 25 anos de muito Louvor - Cassiane
  • * Completamente Apaixonado - Judson Oliveira
  • * Devolta a Inocência - Quatro por Um
  • * Ele Enxugou Minhas Lágrimas - Judson Oliveira
  • * Eletro Acústico - Paulo César Baruk & banda Salluz
  • * Eleva-me - Santa Geração 9
  • * Em Tua Honra - David Quilan
  • * Excelência - Nani Azevedo
  • * Meu Encontro - Chris Durán
  • * Poderoso Deus -Santa Geração
  • * Protegida - Lydia Moisés
  • * Rasque os Céus e Desce - Santa Geração 7
  • * Restituição - Min. Apascentar de N. Iguaçu
  • * Shalon Jerusalém - Paul Wilbur & Ana Paula Valadão
  • * Sol da Justiça - Fernandinho
  • * The Ultimate Gospel - Elvis Presley
  • * The Watchman - Paul Wilbur
  • * Tu És Tão Lindo - Santa Geração
  • * Unção que Une - Heloisa Rosa
  • * Único Desejo - Min. Ouvir e Crer
  • *Ainda estou Aqui - Voz da Verdade

  • * 101 Maneiras de ter um Natal cristão AUTOR: Brenda Verner Copyright © 2006 por Verner Brenda.
  • * A Era dos Mártires - Ed. Vida Nova
  • * Autoridade Espiritual - Watchman Nee
  • * Caçadores de Deus - Tommy Teney
  • * Cinco Votos para Obter Poder Espiritual - A.W.Tozer
  • * Debaixo das Suas Asas - John Bevere
  • * Doze Homens e Uma Missão - Ed. Hagnus
  • * Ele Escolheu os Cravos - Max Lucado
  • * Heróis da Fé - Orlando Boyer
  • * Lutero - Ed. Vida
  • * O Evangelho Reunido - Juanribe Pagliarin
  • * O Livro dos Mártires - Ed. Hagnus
  • * O Nome De Jesus - Kenneth E. Hagin
  • * O Peregrino - John Bunyan
  • * O que Jesus diria da sua Igreja? - Richard Mayhue
  • * Quando Não Dá Mais... - Juanribe Pagliarin
  • * Sorria - Max Lucado
  • * Uma Vida Voltada para Deus, de John Piper. Editora FIEL

  • ATRAVÉS DA BÍBLIA LIVRO POR LIVRO - Mier Pearlman/Editora:Vida Acadêmica
  • HISTÓRIA DO CRISTIANISMO - A. Kmight & W. Anglin/Editora:CPAD
  • HISTÓRIA ECLESIÁSTICA - Eusébio de Cesárea /Editora:CPAD
  • USOS E COSTUMES DOS TEMPOS BÍBLICOS - Gower/ Editora:CPAD
  • O CRISTIANISMO ATRAVÉS DOS SÉCULOS ( UMA HISTÓRIA DA IGREJA CRISTÃ) - Earle E. Cairns/Editora:Vida Nova

  • * Bíblia da Liderança Cristã [Excelente Estudo e Discipulado para Obreiros, Ministros, Pastores e Líderes,feitas pelo Sr. John C. Maxwell vale a pena conferir] Editora:Soc. Bíblica do Brasil
  • * Bíblia Shedd [Com os seus Estudos Escritos pelo Sr. Pastor Russell P. Shedd] Editora: Vida Nova e Soc. Bíblica do Brasil
  • * Bíblia de Estudo de Genebra [Uma das Melhores Bíblias de Estudo com uma linguagem fácil e um vasto estudo a cada versículo] Editora: Cultura Cristã e Sociedade Bíblica do Brasil
  • * Biblia de Estudo Pentecostal [Trás uma Explicação de quase todos os Versículos para que o leitor possa entender profundamente o sentido de cada passagem] Editora : CPAD
  • * Bíblia de Estudo Devocional [Pastor Max Lucado - Trás em Cada Texto Bíblico uma Noção Histórica do Tempo em que se passa ,o Objetivo Central e um Aconselhamento] - Editora: CPAD
  • * Bíblia Da Família [Com Estudos e Aconselhamentos - a todo o tipo de Questões Familiares - Pelo Pastor Jaime Kemp e sua Esposa Judith Kemp ] Editora: Soc. Bíblica do Brasil
  • * Bíblia de Referência Thompson - [ Versículos em Cadeia Temática,com ótimos estudos Bíblicos de apoio ] Editora : Vida
  • * Bíblia de Jerusalém [Tradução de Textos Direto dos Originais] - Editora: Paulus