Total de visualizações deste blog

JUNTE-SE A NOSSA FAMÍLIA

MEMBROS DESTE BLOG

SEGUIR POR E- MAIL

BULLYING DA FÉ - A BRECHA DA IGREJA DE HOJE


"Quanto menos aquele, que não faz acepção das pessoas de príncipes, nem estima o rico mais do que o pobre; porque todos são obra de suas mãos." { 34:19}
Lembro-me da primeira vez que entrei em uma igreja evangélica na minha vida...foi a pior coisa que me aconteceu!
Tinha meus vinte anos e passava por tempos muito difíceis, então fui convidada por uma amiga para ir até a sua igreja e se achegar a Deus.Me arrumei para ir ao tal culto, coloquei uma roupa descente,nada chamativo ao meu corpo,pois o que menos queria naquele momento era um homem carente me olhando.
Quando a amiga foi me buscar ela me olhou...e olhou... e disse:Sabia que tu iria colocar calça por isso trouxe uma saia ,pois lá na minha igreja mulher não entra de calça!
Apesar do balde de água fria..lá fui eu...afinal ela só queria me ajudar .Ao chegar na porta da igreja uma senhora sorridente e educada estava na porta saudando a todos,quando me viu eu pensei ...'agora é minha vez de receber o sorriso o aperto de mão ou até um abraço", ela sorriu e quando foi me abraçar disse:"estou notando que está visitando-nos,então se não se importa a tua correntinha e os brincos ficarão comigo,no final do culto te devolvo,me desculpe é que tais coisas chamam o demônio pra perto."
Queria morrer!Fazer um buraco e me enterrar e minha amiga .essa aí eu queria torcer o pescoço dela(só meia hora)..hehehe
Com certeza foi o pior culto da minha vida,mas graças a Deus sou persistente e fui outras vezes,agora vestida de 'crente'.Então venho a campanha do Espírito Santo,e a promessa era de quem não fosse batizado receberia o batismo.Como não sabia nada de nada, fui me informar o que era aquilo...e a resposta foi: 'É o "sim " de Deus pra você!"hummm....
Me explicaram o que eu tinha que fazer pra receber o 'sim' de Deus.A receita era: Jejue todos os dias até o dia da campanha e ore,mas ore muito pedindo perdão.
Chegando o dia da campanha e depois de fazer todo o ritual,bom eu fui a única que recebi um 'não' como resposta,para consolo o pastor disse:Calma jovem Deus sabe a hora certa pra cada um,talvez você não estava pronta!
Bom, foi o suficiente para eu dar um basta aquilo tudo, e pensei:" bom, se Deus quer alguma coisa comigo Ele virá atrás de mim, pois eu já dei o primeiro passo."
O que eu ganhei? Bom , foram cinco anos de muita sequidão, indo e vindo nas mãos do diabo. Até que tive um surto de raiva no banheiro de minha casa e briguei com Deus, tipo assim..."vai me querer ou não!"
Passou cinco dias e uns missionários bateram na minha porta e disseram:"Deus mandou nós virmos aqui e dizer a você que Ele te ama e te quer ao lado dEle". Então fizemos as pazes...
Está história é uma de muitas que estão aí, pode ser a tua que está lendo.
A questão aqui é : Me apresentaram um Deus que não era o das Escrituras,um Jesus que não é o que eu tenho hoje,e eu fui em um lugar que não era a verdadeira Igreja do Senhor.
Sofri acepção, era notada ,observada como se tivesse algo errado,colocada de lado,parecia um peixe fora d'aguá.Eu pensava que Deus era tão perfeito que eu era muito ruim para Ele.
Na verdade a sociedade cria para si normas de conduta e tabula cada pessoa,nos etiquetando e enfileirando em padrões próprios que a mesma o fez.
Os padrões da sociedade mudam com o tempo , lugar e seus objetivos próprios. O que é bom hoje foi ruim ontem .Na verdade somos escravos do sistema, e isso é sério e muito!
Hoje os grandes meios de comunicação tem falado muito sobre : BULLYING.

O BULLYING nada mais é do que o ato de fazer acepção a uma pessoa por ela não se enquadrar ao que está sendo como 'normal' a um determinado tipo de grupo de pessoas.O bullying é um ataque a pessoa e se torna uma arma fatal que leva a um estado de inferioridade e vergonha,trazendo medo,depressão, vergonha, exclusão,e em casos mais sérios leva a problemas clínicos,psíquicos e até a morte.
O bullying, o desprezo, a indiferença, a exclusão, a ridicularização, o preconceito,tenha o nome que for, nada mais é do que a falta de AMOR .
Digo com todas as letras :que dentro das igrejas de hoje ,principalmente no meio evangélico, o bullying existe e é atuante.
O número de igrejas a cada dia aumenta mais e cada uma tem suas regras de conduta,de maneiras de se vestir, tipos de músicas e ritimos que são tidos como certos, e cada um que entra tem que se enquadrar se não a porta da rua está aberta; pois sabemos que tem igreja para todo o tipo de pessoa.E se o tal não quiser sair e se enquadrar as normas terá que sofrer ,e sofrerá com certeza o 'bullying da fé'.Terrível, mas verdadeiro!
Não importa o quanto somos devotos a obra de deus,o quanto amamos ao Senhor,ou até pelo que o Senhor já nos fez,o nosso testemunho próprio, se não somos o 'tipo' de pessoa que se enquadra a 'placa' ficaremos excluídos e não haverá oportunidades eclesiásticas em tal meio.
A prova disso é o número de 'comunidades cristãs' que surgiram tem sido enorme, e se iremos falar com os pastores de cada uma delas, sem sombra de dúvida eles dirão:"Amava a Cristo e não fui aceito na 'placa a ou b' e ,por amor a Cristo e a sua obra hoje estou aqui".E a sua igreja ou chamada comunidade recebe a cada dia milhares de pessoas sedentas por Deus e cheias de amor a obra de Cristo. Ninguém tem o direito de dizer...
Quem Deus aceita;
Quem entrará no céu;
Quem é digno de receber salvação;
Nenhum homem pode medir a santidade, a devoção ,o amor a Cristo de outra pessoa.
Se somos templo do Espírito Santo de Deus, se Cristo morreu por todos não cabe a nós sermos porteiros do céu.
Foi por um alto preço que fomos comprados, preço de sangue, Cristo deu tudo por todos e a sua última oração pediu a Deus:"...que nenhum dos que Tu me deste se percam."Então que não seja nós a empurrá-los para o inferno.Nosso dever é amar ,amar e amar.A obra em cada um é Deus que faz!E verdade é que todos são úteis ao reino de deus,todos precisamos de salvação,amor,respeito,e credibilidade.
Quando estamos na nossa vida secular, na escola sendo um adolescente, no trabalho, na familia em meio a vários irmãos de sangue, somos em momentos encurralados e menospresados.Quem nunca recebeu um apelido constrangedor?
Lembremos aqui o caso de José, que até ser governador sofreu bullying pelos irmãos de sangue e depois no Egito,pois tudo que tocava dava certo.
Paulo certa vez falou duramente com a Igreja e a exortou,quando os irmãos estavam a "medir "quem era melhor se Paulo ou Apólo.
O precioso sangue de Cristo que anulou a nossa divida,por ventura não vale mais que uma gravata?que uma saia? que uma barba? que uma trança?que uma tatuagem?que uma raça?uma cor?um estilo?
Quando leio o Evangélio,as pessoas que mais foram duramente exortadas por Cristo foram os fariseus,os sacerdotes que se achavam 'os bam-bam-bans espirituais'.Não foi Cristo o nosso Senhor que foi inverso a todo o tipo de sistema religioso? E que as suas atitudes denotavam este rompimento de valores e regras para ser aceito ou não por Deus, e que Ele mesmo dizia que o reino de deus não é bebida e nem comida?
Por que estamos nós voltando a tais sistemas e regras?
Por que Deus levantou Lutero?
Por favor voltemos a dar mais valor ao sangue de Cristo !
Diga NÃO a todo o tipo de discriminação!
Todos somos importantes, valiosos, e cada um tem um dom e um chamado específico.
De que adianta clamarmos por almas se não damos a verdadeira importância que elas tem para Deus?Evangelizarmos as prostitutas ,os drogados, jovens de todas as 'tribos',os viciados , os doentes terminais, os carentes, os presidiários, se quando eles entrarem pela porta da nossa igreja a falta de respeito, amor, consideração destruirá esta pessoa novamente?
Enquanto brincamos do que é certo e errado,as brechas estão aí e Satanás está dando risadas de braços abertos para novamente aprisionar,matar e destruir.
DIGA NÃO AO BULLYING DA FÉ!

7 comentários:

Marcus Paulo Rycembel Boeira disse...

Extraordinário seu artigo, prima. De fato, a Igreja de Deus está fora das igrejas emplacadas. O templo do Espírito são aqueles que adoram ao Pai em Espírito e Verdade, e não os que maquiam-se, vestem-se ou arrumam-se de acordo com padrões humanos apenas para aparentar uma "santidade" absolutamente de fachada, inócua e de estirpe meramente social.
Pax Christus, Marcus Boeira.

Anônimo disse...

Oi,meu nome é Julia tenho 14 anos e pertensso a Assenbleia de Deus em campo grande;Eu gostei muito jeito q vc falou sobre BULLYING,estou orando por vc para q Deus continue te abençoano.Eu tambem acho acho q BULLYING esta presente dentro de muitas igrejas;e muitos praticam,pois as vezes por simples comentario ou atitudes,o q deveria ser vir de exemplo,NÃO É,mas fazer o que!a sempre joio no meio do trigo;

rose disse...

AMADA CONCORDO PLENAMENTE COM VC, ENTREI EM TEU BLOG PORQUE ESTAVA PROCURANDO SOBRE ESTE ASSUNTO NA INERNET,VI MINHAS QUATRO FILHAS SOFREREM ESTE MAL NA IGREJA, TOMEI A LIBERDADE DE COLOCAR TEU LINK NO MEU BLOG.. VAMOS DENUNCIAR E PREGAR O VERDADEIRO AMOR DE CRISTO, ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS, FIKA NA PAZ

Anônimo disse...

Estava procurando um direcionamento bíblico para falar sobre bullying. Ocasião que deparei com esse artigo pautado de um anacronismo religioso condizente com a realidade presente. Parabéns pela desenvoltura e forma de expor o presente. Contudo, não podemos eximir pois a 'BÍBLIA' Escritura Sagrada ela é a única via que aferira o homem aprovando-o ou não. A salvação é de graça através de JESUS, mas, é necessário conhecer e obedecer à bíblia em todos os aspectos, inclusive cultural contextualizado na sua contemporaneidade. A graça e Paz...
Francisco Fernandes,(fernandesnandes@yahoo.com.br)

Aparecida Oliveira disse...

Sempre vivi tentando ser aceita no meio dos jovens, eu era segunda mais velha que todos além de um amigo meu. Sempre fui taxada como a que tinha problemas espirituais. Mas no início como membro não entendia o que queriam dizer. Sofri deboches por causa de roupas. Minha família era muito simples. E não tínhamos condições financeiras para me encaixar no meio deles. Meu pai que não é cristão sempre disse que não criou filho pra se sentir humilhado. E continuei na igreja. Como meus pais vieram de uma pobreza quase que extrema nunca perderam o caráter. Então, eu nunca fui alertada sobre usar sutiã pra não fivar aparecendo o volume dos seios. Convivi sempre com mocas do mesmo nível social que eu. Um dia, sentada no chão da cozinha da amiga que me chamou pra ir pra igreja ouvi a irmã dela falando sobre a forma como eu me vestia. A unica de 4 pessoas que trabalhava na minha casa era meu pai pedreiro com muito orgulho. E morávamos numa casa sem piso, alguns cômodos sem embolsar a parede. E o dinheiro que meu pai recebia era pra comer e mal mal pagar as contas. Minha família foi muito fechada, hoje nem tanto porque creio eu fiz muita diferença na vida dos meus pais e do meu irmão. Bom, num domingo de manhã abri a gaveta das minhas roupas simples peguei um sutiã que tinha só um. Vesti a blusa por cima, mas ainda dava pra ver o volume dos mamilos. Olhei no espelho e para meus pés. Lembrei das roupas dos meus amigos que fiz na igreja e chorei ao lembrar do que a mulher tinha falado: " não era tempo certo pra ela se batizar, ela não usa sutiã, as roupas são infantis, se veste como criança e as roupas são curtas." Eu desisti de ir a igreja e falei que só voltaria quando trabalhasse e comprasse roupas pra ir. Deus me deu um emprego pra ganhar 7 reais por dia inteiro. Comprei e continuei sofrendo bulling. Mas, agora sobre minha testa que é grande, meu cabelo que era pichuim, por falar muito devagar, por não usar salto alto, por então ter depressão, por ter tentado me matar. Olha eu so calcei salto alto com 21 anos de idade no dia da formatura da minha faculdade. Sempre pensei sobre essa questão de bulling cristão. Mas, a palavra que prevalesse é a de quem dá um dízimo mais gordo na igreja. Hoje estou afastada mais uma vez. Sempre tentei fazer parte do grupo dos jovens mad nunca me sentia parte deles. Hoje, estou lutando novamente contra as marcas que muitos me deixaram. Teve uma vez que a ministra do louvor disse de costas pra mim: ( falando pra uma amiga)" Você fulana é a única que tem vida pra estar no louvor, pra estar na frente da igreja". Ouvindo isso, deixei o louvor por falso testemunho que levantaram sobre mim e nunca foi resolvido, era professora na escola dominical e deixei. Era secretária da escola dominical e cuidava das crianças num culto infantil a noite. Deixei tudo. Depois de um tempo a mulher veio e perguntou porque eu deixei tudo. E ela ainda falou que iria me levar no conselho, por causa do falso testemunho. Hoje, mas entendida teria deixado e botado incentivinho pra ela me levar e com certeza processaria ela por dizer e espalhar que eu estava me prostituindo. Entrei numa profunda depressão por causa disso.Espero que um dia isso se resolva. E assim ela me pedir perdão porque doeu muito.

Aparecida Oliveira disse...

Vertas palavras podem interferir na vida espiritual de um irmão! !! É bom tomar cuidado! Ne, verdade????

Aparecida Oliveira disse...

Sempre vivi tentando ser aceita no meio dos jovens, eu era segunda mais velha que todos além de um amigo meu. Sempre fui taxada como a que tinha problemas espirituais. Mas no início como membro não entendia o que queriam dizer. Sofri deboches por causa de roupas. Minha família era muito simples. E não tínhamos condições financeiras para me encaixar no meio deles. Meu pai que não é cristão sempre disse que não criou filho pra se sentir humilhado. E continuei na igreja. Como meus pais vieram de uma pobreza quase que extrema nunca perderam o caráter. Então, eu nunca fui alertada sobre usar sutiã pra não fivar aparecendo o volume dos seios. Convivi sempre com mocas do mesmo nível social que eu. Um dia, sentada no chão da cozinha da amiga que me chamou pra ir pra igreja ouvi a irmã dela falando sobre a forma como eu me vestia. A unica de 4 pessoas que trabalhava na minha casa era meu pai pedreiro com muito orgulho. E morávamos numa casa sem piso, alguns cômodos sem embolsar a parede. E o dinheiro que meu pai recebia era pra comer e mal mal pagar as contas. Minha família foi muito fechada, hoje nem tanto porque creio eu fiz muita diferença na vida dos meus pais e do meu irmão. Bom, num domingo de manhã abri a gaveta das minhas roupas simples peguei um sutiã que tinha só um. Vesti a blusa por cima, mas ainda dava pra ver o volume dos mamilos. Olhei no espelho e para meus pés. Lembrei das roupas dos meus amigos que fiz na igreja e chorei ao lembrar do que a mulher tinha falado: " não era tempo certo pra ela se batizar, ela não usa sutiã, as roupas são infantis, se veste como criança e as roupas são curtas." Eu desisti de ir a igreja e falei que só voltaria quando trabalhasse e comprasse roupas pra ir. Deus me deu um emprego pra ganhar 7 reais por dia inteiro. Comprei e continuei sofrendo bulling. Mas, agora sobre minha testa que é grande, meu cabelo que era pichuim, por falar muito devagar, por não usar salto alto, por então ter depressão, por ter tentado me matar. Olha eu so calcei salto alto com 21 anos de idade no dia da formatura da minha faculdade. Sempre pensei sobre essa questão de bulling cristão. Mas, a palavra que prevalesse é a de quem dá um dízimo mais gordo na igreja. Hoje estou afastada mais uma vez. Sempre tentei fazer parte do grupo dos jovens mad nunca me sentia parte deles. Hoje, estou lutando novamente contra as marcas que muitos me deixaram. Teve uma vez que a ministra do louvor disse de costas pra mim: ( falando pra uma amiga)" Você fulana é a única que tem vida pra estar no louvor, pra estar na frente da igreja". Ouvindo isso, deixei o louvor por falso testemunho que levantaram sobre mim e nunca foi resolvido, era professora na escola dominical e deixei. Era secretária da escola dominical e cuidava das crianças num culto infantil a noite. Deixei tudo. Depois de um tempo a mulher veio e perguntou porque eu deixei tudo. E ela ainda falou que iria me levar no conselho, por causa do falso testemunho. Hoje, mas entendida teria deixado e botado incentivinho pra ela me levar e com certeza processaria ela por dizer e espalhar que eu estava me prostituindo. Entrei numa profunda depressão por causa disso.Espero que um dia isso se resolva. E assim ela me pedir perdão porque doeu muito.

::PESQUISAR NO GOOGLE::

DICAS DE CD'S

DICAS DE CD'S

  • * Abraça-me - David Quinlan
  • * Abundante Chuva - Fernandinho
  • * Apenas Um Toque ao vivo - Fernanda Brum
  • * Atmosfera de Adoração 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - Min. Irineo Grubert
  • * Casa Favorita - Filhos do Homem 3
  • * Cassiane 25 anos de muito Louvor - Cassiane
  • * Completamente Apaixonado - Judson Oliveira
  • * Devolta a Inocência - Quatro por Um
  • * Ele Enxugou Minhas Lágrimas - Judson Oliveira
  • * Eletro Acústico - Paulo César Baruk & banda Salluz
  • * Eleva-me - Santa Geração 9
  • * Em Tua Honra - David Quilan
  • * Excelência - Nani Azevedo
  • * Meu Encontro - Chris Durán
  • * Poderoso Deus -Santa Geração
  • * Protegida - Lydia Moisés
  • * Rasque os Céus e Desce - Santa Geração 7
  • * Restituição - Min. Apascentar de N. Iguaçu
  • * Shalon Jerusalém - Paul Wilbur & Ana Paula Valadão
  • * Sol da Justiça - Fernandinho
  • * The Ultimate Gospel - Elvis Presley
  • * The Watchman - Paul Wilbur
  • * Tu És Tão Lindo - Santa Geração
  • * Unção que Une - Heloisa Rosa
  • * Único Desejo - Min. Ouvir e Crer
  • *Ainda estou Aqui - Voz da Verdade

  • * 101 Maneiras de ter um Natal cristão AUTOR: Brenda Verner Copyright © 2006 por Verner Brenda.
  • * A Era dos Mártires - Ed. Vida Nova
  • * Autoridade Espiritual - Watchman Nee
  • * Caçadores de Deus - Tommy Teney
  • * Cinco Votos para Obter Poder Espiritual - A.W.Tozer
  • * Debaixo das Suas Asas - John Bevere
  • * Doze Homens e Uma Missão - Ed. Hagnus
  • * Ele Escolheu os Cravos - Max Lucado
  • * Heróis da Fé - Orlando Boyer
  • * Lutero - Ed. Vida
  • * O Evangelho Reunido - Juanribe Pagliarin
  • * O Livro dos Mártires - Ed. Hagnus
  • * O Nome De Jesus - Kenneth E. Hagin
  • * O Peregrino - John Bunyan
  • * O que Jesus diria da sua Igreja? - Richard Mayhue
  • * Quando Não Dá Mais... - Juanribe Pagliarin
  • * Sorria - Max Lucado
  • * Uma Vida Voltada para Deus, de John Piper. Editora FIEL

  • ATRAVÉS DA BÍBLIA LIVRO POR LIVRO - Mier Pearlman/Editora:Vida Acadêmica
  • HISTÓRIA DO CRISTIANISMO - A. Kmight & W. Anglin/Editora:CPAD
  • HISTÓRIA ECLESIÁSTICA - Eusébio de Cesárea /Editora:CPAD
  • USOS E COSTUMES DOS TEMPOS BÍBLICOS - Gower/ Editora:CPAD
  • O CRISTIANISMO ATRAVÉS DOS SÉCULOS ( UMA HISTÓRIA DA IGREJA CRISTÃ) - Earle E. Cairns/Editora:Vida Nova

  • * Bíblia da Liderança Cristã [Excelente Estudo e Discipulado para Obreiros, Ministros, Pastores e Líderes,feitas pelo Sr. John C. Maxwell vale a pena conferir] Editora:Soc. Bíblica do Brasil
  • * Bíblia Shedd [Com os seus Estudos Escritos pelo Sr. Pastor Russell P. Shedd] Editora: Vida Nova e Soc. Bíblica do Brasil
  • * Bíblia de Estudo de Genebra [Uma das Melhores Bíblias de Estudo com uma linguagem fácil e um vasto estudo a cada versículo] Editora: Cultura Cristã e Sociedade Bíblica do Brasil
  • * Biblia de Estudo Pentecostal [Trás uma Explicação de quase todos os Versículos para que o leitor possa entender profundamente o sentido de cada passagem] Editora : CPAD
  • * Bíblia de Estudo Devocional [Pastor Max Lucado - Trás em Cada Texto Bíblico uma Noção Histórica do Tempo em que se passa ,o Objetivo Central e um Aconselhamento] - Editora: CPAD
  • * Bíblia Da Família [Com Estudos e Aconselhamentos - a todo o tipo de Questões Familiares - Pelo Pastor Jaime Kemp e sua Esposa Judith Kemp ] Editora: Soc. Bíblica do Brasil
  • * Bíblia de Referência Thompson - [ Versículos em Cadeia Temática,com ótimos estudos Bíblicos de apoio ] Editora : Vida
  • * Bíblia de Jerusalém [Tradução de Textos Direto dos Originais] - Editora: Paulus